menu
Topo

Direitos da mulher

Zöe Kravitz assume personagem masculino e elogia avanços em Hollywood

Divulgação/HBO
Zoë Kravitz como Bonnie Carlson na série "Big Little Lies" Imagem: Divulgação/HBO

Da Universa

15/09/2018 18h09

Hollywood está mudando. Pelo menos é o que disse Zöe Kravitz, em entrevista a Haapers Bazar, divulgada na quinta-feira (13). A atriz está empolgada por descobrir que seu próximo personagem no cinema havia sido criado para um homem – e que quando ela entrou em cena, nada mudou.

Segundo a atriz, o personagem continua com atitudes fortes, e não precisou ser mais frágil, delicado e se enquadrar no estereótipo feminino de cinema. “Fiquei tão feliz e achei tão legal que eles não sentiram necessidade de mudar as características do personagem”, conta.

Veja também:

Zöe acredita que aparência não deve interferir no tipo de papel a ser interpretado. “Eu, como uma mulher negra com tranças e tatuagens não devo apenas interpretar personagens hippies. Eu deveria poder interpretar uma advogada, médica, comediante, qualquer coisa, gay ou heterossexual. Deveríamos começar a abrir nossas cabeças sobre como é ser uma pessoa que vive em 2018”.

A atriz ressalta que, durante a infância, nunca viu alguém como ela nos filmes ou na TV. “Estou sozinha? Não sou desejável ou interessante?”, pergunta. Já adulta, ela tentou levar consciência sobre esse problema aos roteiristas, principalmente aos brancos.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!