menu
Topo

Beleza

Há um tipo de tatuagem que traz mais arrependimento, diz pesquisa. Confira:

da Universa, em São Paulo

23/08/2018 10h38

Tatuagens frequentemente representam uma ideia ou lembrança que gostaríamos de eternizar na pele. No entanto, com o tempo, é possível que aquilo que um dia fez sentido para quem optou pelo desenho possa não fazer mais. 

Para entender quais motivos ou estilos de tattoos levam mais frequentemente ao arrependimento, um grupo de pesquisadores liderados pelo linguista Stephen Crabbe, da University of Portsmouth, no Reino Unido, conversou e estudou o comportamento de cerca de mil pessoas na terra da rainha.

Veja também

A pesquisa, feita em parceria com o site  Casino.org e publicada nesta quarta (22), constatou que nomes e apelidos de pessoas marcados na pele são aqueles que causam mais arrependimento. 31% dos homens e 24% das mulheres ouvidas que já haviam tatuado o nome de alguém querido gostariam hoje de não ter mais o desenho.

Em segundo lugar estão as tatuagens tribais: 12% dos homens e 15% das mulheres afirmaram atualmente olhar com desprezo para a escolha que fizeram. Outros dois tipos de tattoos que provocam muitas dores de cabeça em seus donos: constelações, para elas, e letras ou símbolos asiáticos, para eles.

Os autores também encontraram uma relação entre o arrependimento e o tempo que os participantes dedicaram refletindo sobre a decisão de fazer a tatuagem. Quanto mais impulsiva a escolha, maior o arrependimento.

Entre os arrependidos, 67% afirmaram que já sentiram necessidade de cobrir a tatuagem em algum momento, enquanto quase 16% das mulheres disseram já ter sido julgadas pelo desenho.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!