menu
Topo

Mapa da mina

Professora larga sala de aula, abre negócio e fatura R$ 5 milhões por ano

Divulgação
Lucilaine trocou as salas de aula pela confeitaria e hoje faz sucesso com seu negócio Imagem: Divulgação

Talyta Vespa

Da Universa

17/08/2018 04h00

Foi durante a licença-maternidade que a professora de biologia Lucilaine Lima, de 36 anos, teve a ideia de abrir o próprio negócio. “Estava cansada da rotina de ser mãe. Eu sentia que precisava ocupar a mente. Sempre gostei de trabalhar, então pensei que me distrair investindo em um projeto meu seria uma boa ideia”, diz.

Lucilaine começou a fazer doces para vender em Serra, cidade onde mora com o marido e os dois filhos, no Espírito Santo. “Quando me casei, não tinha ninguém para fazer bem-casado de última hora. Fiz os meus próprios para a cerimônia. Ficaram bem meia-boca, mas deram para o gasto. Então, fiz um curso de confeitaria e, em poucos meses, meus doces ficaram perfeitos. Comecei a aceitar encomendas para festas e eventos”, conta.

Veja também

De professora à dona

Lucilaine ganhava R$ 1.900 por mês como professora. Quando começou a vender doces, passou a faturar R$ 7 mil mensais. E a procura dos clientes não era apenas pelos produtos, mas, também, pelas receitas da carioca. “Decidi abandonar o trabalho e começar a dar aulas de confeitaria em casa. Meu marido me apoiava muito, mas enlouquecia. Sempre que chegava em casa, tinha oito mulheres na cozinha usando batedeiras e afins. Ele me disse: ‘Seu curso está bombando. Você precisa alugar um espaço para dar essas aulas”.

Em vez de alugar um espaço, Lucilaine pensou maior. Tinha um dinheiro guardado e decidiu investir em uma escola de culinária. Com R$ 180 mil, abriu a primeira loja do Instituto Gourmet, em 2014, e nem imaginava que se tornaria franquia. “Li muitos livros sobre gestão. Todos os meus amigos diziam que a escola faliria rápido porque não sabia tocar um negócio. Aprendi. Quando inaugurei a unidade de Serra, só um aluno se inscreveu na primeira semana. Eu me desesperei. Pensei: ‘Realmente, não vai dar certo’. Mas, em duas semanas, já tinha mais de dez alunos”.

Em quatro anos, 37 unidades pelo Brasil

“No meu primeiro mês, tive um faturamento de R$ 15 mil”, conta. Ao perceber que o negócio da mulher tinha potencial, o marido de Lucilaine entrou como sócio e o casal abriu a segunda unidade em Madureira, também no Espírito Santo. Para a terceira, aberta em Duque de Caxias, rolou um interesse de um amigo do casal. Hoje, são 37 lojas em todo o Brasil e um faturamento de R$ 5 milhões por ano. “Só a unidade de Serra gera um faturamento mensal de R$ 80 mil”, explica Lucilaine. Cada unidade tem, em média, cinco professores. 

Os preços dos cursos variam entre R$ 1.800 e R$ 4.900 (os valores incluem todas as aulas). “Os mais baratos duram quatro meses. Há os cursos de food truck, chocolateiro e Italian chef. Já os mais caros englobam as aulas que formam confeiteiros e cozinheiros profissionais"

Empresária e mãe

O pequeno Dylan, cujo nascimento mudou a vida da empresária, tem dez anos e já aprendeu a empreender. “Ele vende bolos de pote e palha italiana. No ano passado, comprou um videogame só com o dinheiro das vendas”, conta a mãe orgulhosa.

A manhã de quinta-feira é sagrada para a dupla. “É quando a gente prepara os bolos e os doces. Eu faço, ele me ajuda. Depois, vende durante a tarde de quinta e na sexta-feira. Sempre tem encomenda, são mais ou menos 25 vendas por semana. E ele economiza todo o dinheiro”, afirma.

Três dicas para empreender

À Universa, Lucilaine dá três dicas para mulheres empreenderem com sucesso.

1. Tenha uma meta clara e dê a ela um prazo. Escreva a sua meta, deixe-a em um lugar visível, para que você se lembre dela sempre.

2. Coloque muito amor no seu negócio. Esse foi o maior segredo do Instituto, cada aluno sente esse pertencimento, cada colaborador sente como se estivesse "em casa", é nesse ambiente de paixão pelo que fazemos que construímos nossa trajetória."

3. Ter gestão também é primordial, você deve saber para onde está seguindo, o que deseja, aonde quer chegar, não dá para ser de qualquer jeito. Planejamento e organização são fundamentais.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!