menu
Topo

Sexo

10 dicas para fazer sexo com (muito) mais prazer!

A vida da mulher melhora com essas dicas simples

Geiza Martins

Colaboração para Universa

11/08/2018 04h00

Quanto maior a intensidade do orgasmo e prazer, melhor. Por isso, selecionamos dicas para deitar, rolar e gozar. Massagem, meditação, posições... há "técnicas" para todos os gostos e perfis. Vá encontrar a sua!

Você expert em sexo oral

Sexo oral é quase unanimidade. Tem gente que mergulha de cara e vai no improviso. Mas, com algumas informações, você pode fazer bem melhor e ensinar seu par a melhorar também. O clitóris é o protagonista. São oito mil terminações nervosas só nessa região, o dobro das áreas sensíveis do pênis. E ele também funciona como um termômetro visível do prazer, quanto mais excitada a mulher está, mais inchado ele fica. Foque nele, beije com língua e lábios, mas vá direto ao ponto. Toda mulher curte um clima. Comece a se insinuar antes de tirar a calcinha dela. Beije a virilha, aperte coxas, mordisque a vagina sobre a calcinha, puxe a calcinha para o lado, passe a língua e volte a posicionar a calcinha no lugar. Esse jogo a faz pirar.

As áreas mais excitantes para os homens são a glande (a cabeça do pênis), o frênulo (o freio que está entre a pele e a glande) e o períneo (região entre o escroto e o ânus). Se você estimular simultaneamente a glande e o períneo, usando a boca e as mãos, ele vai pirar. Só converse antes, pois muitos homens nunca fizeram isso antes, ok?

Veja também

O perfil do boy

Essa é polêmica, mas há uma comprovação científica. A Socioaffective Neuroscience & Psychology diz que é possível saber se aquele seu crush vai ser bom de cama (oi, tudo bom?). Pois é, segundo o estudo, homens bem-humorados, criativos e emocionalmente quentes são aqueles que dão os melhores orgasmos. Fica a dica!

Prazer tântrico

É possível ter um orgasmo de 50 minutos? A "culpa" é da massagem tântrica. Aparentemente, não é exagero. Há relatos de casais que chegam a transar por três horas. Claro, é preciso se desenvolver para alcançar esse grau. Mas algumas dicas de sexo tântrico podem fazer toda diferença para quem nunca praticou.

Uma delas é manter os olhos nos olhos e já na preliminar você pode tentar a sensitive massagem. Funciona assim: você deve percorrer todo a superfície do corpo nu de se parceiro usando apenas as pontas dos dedos. Menos os órgãos genitais, ok? Eles devem ser preservados nesse momento. Você pode também assoprar devagar, lamber e cheirar. A ideia é uma mistura de estímulos que irá gerar sensações extremamente excitantes e fora do óbvio.

A arte do pompoarismo

Pompoar signifca segurar o pênis em tailandês. Ou seja, o pompoarismo pode ajudar homens e mulheres a prolongar a transa. Você pode pensar: "ah, tá, mas e o orgasmo?". O segredo aqui é a chamada retenção orgástica, uma técnica que que promete aumentar a duração da transa e dar orgasmos muito mais intensos. Os praticantes sabem se controlar bem: os homens conseguem manter a ereção por mais tempo e as mulheres dominam a musculatura do canal vaginal. É mulher e quer treinar um pouco? Basta contrair e descontrair a vagina, diversas vezes, como se quisesse segurar o xixi, por alguns minutinhos. E isso pode ser feito a qualquer hora do dia e em qualquer lugar. Já está fazendo?

Sexo e mindfulness

Provavelmente, você já ouviu falar em mindfulness para equilibrar ansiedade, ajudar a focar e levar a vida com mais leveza. Para o sexo, a técnica é um estado de consciência plena que ocorre quando entramos em contato com o momento presente. A ideia é focar no que está acontecendo de fato e evitar que nossa atenção fique voltada no que deve acontecer, se a sua performance está boa, nas gorduras do seu corpo, ou seja, coisas que geram travas e preocupações. Um exercício para as mulheres é inspirar e contrair os músculos da vagina durante 5 segundos; expirar e relaxar os músculos, soltando.

Expire, inspire, expire

Por falar em mindfulness, existe uma maneira de controlar a excitação através da respiração. Há muitos fatores que nos impedem de chegar ao orgasmo e o nervosismo é um deles. Se você a ansiedade tomar conta na hora da pegação, existe um jeitinho de desacelerar sem perder o ritmo do prazer. Fique atento à maneira como inspira e expira e busque relaxar os músculos do bumbum, das pernas e os quadris.

Coaching da vida sexual

Sim, isso existe. As sex coaches ajudam mulheres (geralmente) a se sentirem empoderadas em relação ao próprio corpo e desejos. Esse tipo de coach pensa em soluções práticas que possam ajudar a resolver uma queixa específica, como relacionamentos que esfriaram, aprender novidades para esquentar o sexo e por aí vai. Há aulas de sexo oral, mas a principal lição desses profissionais é melhorar a autoestima e a confiança.

Posições sexuais

Orgasmo pode ser uma questão de posição e os indianos já são experts nisso há milênios com o Kama Sutra. Algumas posições sexuais ajudam a aumentar o tempo de prazer do casal e retardar a ejaculação. Mas como? Deixando a mulher ditar o ritmo da penetração, o que ajuda imensamente no prazer dela. Uma das posições é o homem apoiar as costas na parede e estica as pernas. A mulher encosta-se nele, com os braços para trás, e apoia no quadril do homem para fazer a movimentação. Ele pode simplesmente relaxar ou, ainda, acariciar o clitóris da parceira.

Uma posição prazerosa é quando o homem se deita de costas e mantém uma perna estendida e a outra flexionada. A mulher se ajoelha ligeiramente de costas para ele, de modo que as pernas dela se encaixem ao redor da perna dele (a que está flexionada). O movimento lento e constante ajuda a mulher a chegar ao orgasmo.

A língua do sexo

Nada mais excitante do que ouvir aquela frase cheia de tesão na hora do sexo. E falar o que deseja ou o que está sentindo também é uma delícia. Uma pesquisa realizada pela rede social adulta "Sexlog" revelou que 84% preferem palavras "mais sacanas" e até alguns xingamentos. Só se certifique quais palavras sua parceira mais gosta.

Inversões de papéis

Na hora H, explore a própria sexualidade de um jeito diferente pode resultar em prazer em dobro. Alguns casais heterossexuais tem o fetiche de buscar novas sensações e se encontram ao ver o boy vestindo uma calcinha ou a parceira com uma cinta peniana. Muitas mulheres relatam sentir um prazer imenso ao dominar o homem, que também se sentem excitados em ser dominado. E, sim, há penetração envolvida.