menu
Topo

Diversidade

Menina de 8 anos rebate vereador sobre mudança no nome da creche Arco-Íris

Instagram
Vereador Júnior Geo e Maria Luiza Imagem: Instagram

Da Universa

09/08/2018 19h25

Em Palmas, no Tocantins, a creche Arco-Íris teve seu nome mudado, a pedidos do vereador Filipe Martins, por “promover o homossexualismo”. A decisão gerou revolta nas redes sociais, no entanto, mesmo assim a instituição teve seu nome alterado, passando a chamar-se “Romilda Budke Guarda”.

Maria Luiza, vizinha do vereador Júnior Geo, do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), o procurou para questionar a atitude e foi convidada para falar sobre sua opinião em relação à alteração na Câmara dos Vereadores de Palmas.

Veja também

"Senhores vereadores e vereadoras, nenhuma criança nasce preconceituosa. São os adultos que ensinam isso. E são os adultos que podem ensinar também o respeito, a intolerância e o amor.”

“Eu como criança digo: o preconceito não me representa, o desrespeito não me representa, a intolerância não me representa, o ódio não me representa, somos diferentes uns dos outros, mas temos direito à igualdade. Homens, mulheres, negros ou gays somos todos seres humanos e devemos respeitar e acolher a opinião e opção de cada um”, disse ela.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!