menu
Topo

Violência contra a mulher

Iza fala de assédio na infância: "tinha crise de pânico quando ia para rua"

Danilo Borges/Women
A cantora Iza Imagem: Danilo Borges/Women's Health

da Universa, em São Paulo

09/08/2018 15h50

Para Iza, ter sido alvo de assédio quando ainda era criança teve um impacto duradouro em sua vida.

"Fui muito assediada na infância. Minha cintura era muito fina, um quadrilzão e uma cara de criança. Mas isso era muito complicado e fazia com que eu me escondesse, com que não gostasse do meu corpo. Discutia na rua. Era o tempo todo", contou a cantora em entrevista à "Women's Health" de agosto.

Veja também

"Tinha medo, crise de pânico quando ia para a rua. Pavor de algum homem me seguir", revelou. "Os homens não têm noção, mas quando uma garota está andando na rua e sente que tem alguém caminhando atrás dela, olha e vê outra mulher, dá vontade de abraçar a pessoa".

Iza diz ainda que o processo de recuperação de sua autoestima foi lento.

"Fui me desconstruindo e me dando tempo para evoluir, ver meu corpo mudar. Tive que ter paciência comigo mesma. Não adianta nada dizerem que você está linda se você não se sente bonita. Depois que entendi isso, resolvi parar, olhar no espelho e ver cada coisa que gosto em mim".

O trabalho, segundo ela, foi uma ferramenta fundamental para este resgate. "Toda capa de revista é uma validação de que eu venci as minhas inseguranças", acredita.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!