menu
Topo

Autoestima

Miss desiste de coroa após ser "orientada" a esconder as suas tatuagens

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

06/08/2018 14h36

Sierra Leyde, de 18 anos, desistiu de receber a coroa que dava a ela o título de Miss Phelan, pequena comunidade no estado da Califórnia, Estados Unidos, depois de ser “orientada” a esconder suas tatuagens.

Segundo a "CBS2  News", a garota venceu o concurso em 2017, e conforme começou a se programar para os eventos oficiais em que representaria o cargo, recebeu um contrato da Câmara de Comércio de Phelan -- as cláusulas exigiam que piercings fossem retirados e as tatuagens, cobertas.

Veja também

"Eu não acho que deveria cobrir minhas tatuagens porque elas são normais hoje em dia", disse ela, que tem desenhos de flores e tubarão no braço.

Segundo a mãe de Sierra, o concurso, desde o princípio, pregava a “diversidade” como um dos seus lemas, algo completamente contraditório ao que aconteceu: “Basear concurso nessa premissa e depois esmagar essa diversidade não faz sentido para mim. Me parece realmente injusto”, disse ela.

Procurados pela CBS2 News, os responsáveis pelo Miss Phelan disseram “não ter nenhum problema com as tatuagens”, desde que elas fossem cobertas.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!