menu
Topo

Universa

Carol Castro: "Tive três mastites e amamentei com lágrimas de dor rolando"

Reprodução/Instagram
Carol Castro e a filha, Nina Imagem: Reprodução/Instagram

da Universa, em São Paulo

29/07/2018 10h59

A chegada de Nina, em agosto de 2017, transformou a vida de Carol Castro. O nascimento da primeira filha foi, para ela, um processo de renascimento.

Em entrevista ao jornal carioca "Extra", a atriz disse que ganhou força "para lidar com os medos que vêm com o fato de ser responsável por uma vida".

Veja também

"Muita coisa mudou nesse quase um ano. Por isso que considero fundamental comemorar o primeiro aniversário da Nina. A criança não vai lembrar dessa festa, mas a mãe precisa comemorar esse seu renascimento. Renasci no parto natural, sem anestesia, quando aprendi a lidar com aquela dor. Usando positivamente a palavra morte, a gente morre e nasce de novo quando se tem um filho", acredita.

Apesar de continuar amamentando a filha, mesmo após a volta ao trabalho — ela congela seu leite para a pequena — o processo não foi fácil para Carol.

"Tive três mastites (inflamação nos seios), senti dor, amamentei com lágrimas de dor rolando, mas fiz questão de ser forte e continuar. Por isso que usam o termo 'amarmentar'. O amor tem que estar em primeiro lugar. E, quando esse período difícil passa, é só prazer", diz.

"Para mim, dar de mamar é o momento mais esperado do dia. Ainda não durmo uma noite inteira, mas tudo vale a pena para estar com ela".

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa