Topo

Diversidade

Ivo Meirelles denuncia racismo sofrido pela filha, Vitória, em loja no Rio

Reprodução/Instagram/ivomeirelles
Ivo e Vitória Meirelles Imagem: Reprodução/Instagram/ivomeirelles

Da Universa

24/07/2018 12h12

Na madrugada desta terça-feira (24), o cantor Ivo Meirelles usou o Instagram para denunciar um caso de racismo que a filha, Vitória, de 23 anos, teria sofrido em uma loja da C&A, no Rio de Janeiro. 

"Uma funcionária, loira, perseguiu minha filha e chegou a invadir o provador, pensando se tratar de uma ladra apenas pela cor da pele", escreveu Ivo. 

Veja também 

De acordo com o cantor, o caso teria acontecido na segunda-feira (23) na loja da Rua do Ouvidor, no centro do Rio de Janeiro. 

"Racistas não passarão", "C&A racista" e "boletim de ocorrência" foram algumas hashtags usadas por Ivo ao fazer a denúncia nas redes sociais, dando a entender que sua filha prestaria queixa contra a empresa. 

Vitória, que é designer de moda, também foi às redes sociais falar sobre o caso.

No Instagram, ela disse que uma segurança da loja – "branca, de cabelos loiros" – a teria seguido durante todo o tempo que ficou lá dentro, inclusive dentro do provador e na fila do caixa.

"A sensação de impotência e humilhação é tão grande que dá vontade de chorar. Perguntei em alto e bom tom se ela estava com algum problema comigo, se era o tom da minha pele ou a característica das minhas vestes", relatou 

Vitória agradeceu as mensagens de apoio enviadas por seguidores e disse que não é a primeira vez que passa por uma situação do tipo. 

"Uma vergonha! Para quem já teve um garoto propaganda negro, isso é uma aberração", escreveu Ivo, lembrando campanhas recentes da rede. 

Procurada pela Universa, a C&A se posicionou dizendo que repudia qualquer tipo de preconceito, inclusive de raça, e que está investigando o caso. 

"Nós, da C&A, repudiamos qualquer tipo de preconceito, seja ele por raça, cor e/ou religião. O respeito às pessoas e à diversidade faz parte dos nossos valores e enxergamos a moda como uma plataforma de expressão da individualidade de cada um, à sua maneira. Trabalhamos para que a experiência dos nossos clientes na loja seja sempre a melhor possível. Por isso, estamos averiguando o fato para tomar as medidas cabíveis."

A Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro também foi procurada pela reportagem, mas ainda não confirmou se houve o registro do boletim de ocorrência. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!