menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução

Jornalista do "New York Times" faz crítica ao corpo de atriz e gera debate

Dia Dipasupil/Getty Images
A atriz Alysha Umphress Imagem: Dia Dipasupil/Getty Images

Da Universa

23/07/2018 21h02

Em cartaz com o show “Smoke  Joe’s Café”, Alysha  Umphress teve de lidar com uma crítica que foi além de sua obra, e viu seu corpo se tornar alvo de avaliação de uma jornalista.

Laura Collins-Hughes, do "The New York Times", publicou uma crítica que gerou debate nas redes sociais ao citar a forma física da atriz como um dos componentes para compor sua opinião em relação ao figurino.

Veja também

“Por sinal, Sra. Umphress é muito maior do que suas colegas de palco, e o figurinista responsável, Alejo Vietti, parece não ter descoberto como lidar com isso, vestindo-a de forma desfavorável”, escreveu ela.

Após a divulgação da crítica, Alysha resolveu se manifestar, por meio do Twitter, com um texto reforçando a importância da sororidade – união entre as mulheres – e a irrelevância sobre o “tamanho do seu corpo” para o papel.

“É chocante ver uma mulher (especialmente uma que as redes sociais sugerem uma política feminista) criticar o corpo de uma atriz que não veste o tamanho 0 (o equivalente ao 36 no Brasil) e elogiar as que o fazem. Suas palavras não foram construtivas. A atitude foi de uma menina malvada. É 2018. Nós devíamos estar celebrando a presença de mulheres nas artes, não as envergonhando por ser a maior entre as outras garotas”, escreveu Alysha.

Quando questionada por uma internauta no Twitter, Laura se defendeu:

“Eu não critiquei ou elogiei o corpo de ninguém. Eu disse que um dos figurinos funcionou melhor do que o outro. Não é vergonhoso ser grande e eu não sugeri que fosse”, comentou.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Transforma