menu
Topo

Fofuras

Antes de morrer, menino de 5 anos ajudou pais a escreverem seu obituário

Arquivo pessoal
Garrett Matthias Imagem: Arquivo pessoal

Da Universa

17/07/2018 14h55

"Até mais, trouxas". Já seria inusitado o bastante ter essa frase como a última de um obituário, mas Garrett Matthias já se mostrava uma pessoa de personalidade, ainda que com apenas 5 anos.

Na luta contra o câncer desde setembro de 2017, o garotinho de Iowa (EUA) conhecia seu quadro terminal e, ao lado dos pais, planejou uma despedida cheia de emoção e humor.

Veja também

Em entrevista ao jornal Des Moines Register, a mãe de Garrett, Emilie disse que, ao acompanhar a morte de colegas de tratamento, o menino começou a falar da própria morte de uma maneira muito peculiar.

Arquivo pessoal
Garrett Matthias e sua irmã Delphine Imagem: Arquivo pessoal

As frases do garoto se transformaram em um criativo obituário (em inglês). "Quando eu morrer quero queimar igual ao Thor e virar um gorila", "no meu funeral, quero pula-pulas", "coisas que eu mais odeio: calças, esse câncer estúpido, agulhas" e, claro, a frase final, já citada, que demonstra o humor do garotinho.

Arquivo pessoal
Garrett Matthias e sua família Imagem: Arquivo pessoal

O funeral, no dia 6 de julho, também foi exatamente como ele pediu, com pula-pulas, Batman, cerimônia ao estilo de "Thor" e fogos de artifício no por do sol.

"Ele era único e não queríamos que seu obituário fosse comum e seu funeral, triste. Choramos oceanos nos últimos nove meses", contou a mãe.