Topo

Autoestima

Ana Furtado: "Se vier a perder o cabelo, terei muito orgulho de mostrar"

Reprodução/Instagram/anafurtado
Ana Furtado fala sobre seu tratamento contra um câncer de mama Imagem: Reprodução/Instagram/anafurtado

Amanda Serra

Da Universa

12/07/2018 04h00

Confira os cuidados que a apresentadora tem tido com o cabelo durante a quimioterapia

Em processo quimioterápico desde abril após a retirada de um câncer de mama, Ana Furtado precisou redobrar os cuidados com o cabelo, já que coloração e escova estão suspensas neste período. A apresentadora tem se mostrado tranquila com o andamento do tratamento e seus efeitos colaterais.

“O cabelo está aguentando bem. Se mesmo com os cuidados, eu vier a perder o cabelo, vou ter muito orgulho de mostrar. A careca de uma mulher que está lutando contra essa doença é a de uma guerreira. Esse é um momento único em nossas vidas, de onde brota uma força surpreendente em nós”, diz Ana, que tem utilizado suas redes sociais para deixar mensagens positivas para os fãs e para mulheres que, assim como ela, enfrentam a mesma doença.

Veja também

Outra tática adotada por Ana para diminuir o impacto da quimio tem sido a crioterapia, que consiste em utilizar uma touca gelada (a menos quatro graus) que provoca uma vasoconstrição, impedindo que os medicamentos cheguem até a raiz e impeçam os fios de caírem.

“O mais importante é o sorriso no rosto e a certeza de que a cura é inevitável”, diz a apresentadora, que está de férias com a família na Espanha - e chegou a afirmar que  quiomio e sol não combinam.

Por conta de seu trabalho na TV, ela segue à frente do "É de Casa", da TV Globo, e até para se precaver de uma possível queda mais agressiva de cabelo, a apresentadora também mandou confeccionar uma peruca.

Cuidados diários

Cabeleireiro de Ana há 10 anos, Ricardo Rodrigues do Studio  W em São Paulo explica que além da tintura ter sido suspensa, os produtos diários também precisaram ser modificados.

“Temos utilizados  shampoo, condicionador e máscara de hidratação sem parabeno (um conservante químico muito utilizado em cosméticos), sulfato e silicone. No caso dela, optamos pelos produtos da Elements da Wella, porque eles reduzem os atritos com os fios e têm uma composição natural.”

Há cerca de 20 dias, Ricardo fez um corte Chanel na apresentadora com a intenção de trazer leveza ao visual dela.

“O cabelo não pode ter tensão neste período justamente porque os fios estão mais fracos. A escova, por exemplo, provoca agressividade no couro cabeludo. E a ideia do corte foi minimizar isso e manteve a modernidade e a beleza dela”, diz Ricardo, que reúne abaixo outras dicas importantes para mulheres que estão passando por uma quimioterapia. Confira:

  • Evitar secagem, mas caso não seja possível, o ideal é que o secador seja utilizado na temperatura de morno para frio. No entanto, precisa ser suave e evitar atrito;
  • Evitar chapinha e babyliss;
  • Durante a lavagem não é aconselhado esfregar muito;
  • Não pentear e não prender os fios;
  • O ideal é lavar o cabelo a cada dois dias. No caso da Ana, ela lava a cada dois, três dias.

10 minutos de sol e a "lição mais valiosa que tenho vivido"

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!