menu
Topo

Universa


Universa

Meghan teria repetido gafe e desafiado ainda outra regra em evento da coroa

Getty Images
A rainha Elizabeth, Meghan, a duquesa de Sussex e o príncipe Harry durante o evento de comemoração do centenário da Força Aérea Britânica Imagem: Getty Images

da Universa, em São Paulo

10/07/2018 12h24

Meghan foi novamente o centro das atenções no último compromisso oficial da família real britânica.

Durante a comemoração do centenário da Força Aérea Britânica que aconteceu nesta terça (10) em Londres, a duquesa de Sussex voltou a cruzar as pernas durante o memorial na Abadia de Westminster — um deslize em relação ao protocolo que orienta a adoção do estilo "duquesa" ao sentar.

Veja também

Kate e Camilla, por exemplo, seguem a prática à risca e apenas entrelaçam os tornozelos de lado. No último dia 27 de junho, Meghan já havia corrigido sua postura em público rapidamente para se aproximar do estilo adotado por outras mulheres da família.

No entanto, a duquesa pareceu ter se distraído ou até deixado a recomendação de lado durante a cerimônia de hoje.

E apesar de ter sido duramente criticada pelos súditos na primeira "escorregada", experts em etiqueta real como William Hanson, do jornal "Daily Mail", afirmam que é possível que ela acabe consagrando um estilo próprio, "a sentada de Sussex" na coroa.

"Apesar de ser costume que as damas reais nunca cruzem suas pernas, claramente a duquesa de Sussex está encontrando seu próprio estilo para se sentar confortavelmente e cruzar suas pernas. No entanto, corretamente, ela não deixou um vão muito grande entre seus tornozelos, o que pode parecer desajeitado se feito tanto por um homem quanto por uma mulher".

A segunda quebra de protocolo do dia

Meghan, no entanto, desafiou outra regra ao surgir em um vestido de silhueta retrô da Dior que muito lembrava seu vestido de noiva. A polêmica estaria, no entanto, no tom da peça — preta.

Isto porque membros da família real só costumam vestir preto em funerais e até mantém um look extra na cor em suas malas, para caso aconteça alguma tragédia em meio a uma viagem oficial.

Apesar de ser raro ver as mulheres da coroa na tonalidade, especialmente em compromissos diurnos, Meghan não é a primeira a deixar esta orientação de lado. Ela é apoiada pelo histórico de sua célebre sogra, a princesa Diana, que também desafiou o protocolo real em algumas ocasiões. 

Mais Universa