Topo

Fofuras

Cachorra devolvida 4 vezes e com eutanásia cogitada vira heroína nos EUA

Facebook
Imagem: Facebook

Da Universa

06/07/2018 18h32

Ruby é uma mistura da raça Border Collie com Australian sheperd, mas mesmo com essa carinha fofa da foto não foi fácil para ela encontrar um lar.

Como conta o site MNN, muito enérgica, a cachorra acabou sendo devolvida para o abrigo de cães quatro vezes, depois que os donos temporários disseram que ela teria uma “personalidade difícil”.

Veja também

Quando alcançou os oito meses de vida, o abrigo chegou a cogitar a realização de uma eutanásia, já que as chances de sua adoção eram bem baixas. Foi aí que a história teve uma reviravolta.

Joseph Warzycha, um policial, resolveu dar uma chance a ela e, mais do que isso, tê-la como uma colega de trabalho. Ele entrou em contato com a polícia de Rhode Island e, quando aceita, passou a trabalhar com o policial Daniel O'Neil, que a treinou por seis meses.

“Ruby é um talento natural. Ela não apenas faz um ótimo trabalho como também ama cada segundo dele. Quando se tem esse tipo de amor puro, é difícil ficar de mau humor", disse Daniel ao MNN.

Sete anos após ter se tornado oficialmente um cão se resgate, a cachorra ficou conhecida por ser uma heroína. Em 2017, após o desaparecimento de um jovem na cidade de Gloucester e sua busca por 36 horas, sem sucesso, Ruby encontrou o garoto inconsciente.

E se você achava que isso era tudo. Calma. Acontece que o adolescente era filho de Patrícia Inman, uma das voluntárias do abrigo em que Ruby viveu antes de entrar na carreira policial. Ela chegou a ser indicada ao American Humane's Hero Dog Award pela conquista.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!