Topo

Violência contra a mulher

Acusado de assédio, premiê do Canadá se desculpa e diz que está aprendendo

Chris Young/The canadian Press/AP
O premiê canadense Justin Trudeau Imagem: Chris Young/The canadian Press/AP

Da Universa

06/07/2018 09h49

Após declarar que não se lembrava de qualquer conduta inadequada, o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau disse nesta quinta (5) que pede desculpas à jornalista que o acusou de de conduta sexual inapropriada em um festival de música em 2000.

"Pedi desculpas e refleti sobre minhas ações de 20 anos atrás e não sinto que me comportei inapropriadamente, mas a impressão dela pode ter sido diferente e eu respeito isso", declarou a repórteres segundo relato do jornal "The Guardian".

Veja também

"Não quero falar por ela e não quero presumir como ela se sentiu na época ou como se sente agora. Sou responsável pelas minhas ações e não sinto que estou fazendo nada diferente disso", disse mais uma vez.

"Por outro lado, estamos aprendendo uma lição: muitas vezes homens tomam atitudes pensando serem benignas ou apropriadas enquanto as mulheres, principalmente em contextos profissionais, veem de modo diferente. E todos temos que respeitar e pensar sobre isso", afirmou.

O caso

Em um artigo publicado na imprensa local, em um editorial não assinado, Trudeau foi acusado de ter passado a mão em uma jornalista. O texto não revelou o nome da mulher nem detalhes sobre os supostos atos de Trudeau. Na época, ele tinha 28 anos e não trabalhava em qualquer atividade política.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!