Topo

Autoestima

Lili Reinhart, de "Riverdale", abre o jogo sobre dismorfia corporal

Getty Images
Lili Reinhart no MTV Movie Awards Imagem: Getty Images

Da Universa

05/07/2018 16h51

A dismorfia corporal pode atingir qualquer pessoa – até a atriz que interpreta a protagonista de "Riverdale", Lili Reinhart. 

Recentemente, ela foi criticada após posar como Marilyn Monroe para a revista norte-americana "Harper's Bazaar" e dizer que a atriz de "Como Agarrar Um Milionário" é sua maior inspiração porque tinha um corpo curvo como o seu e a faz sentir que pode ser aceita por isso.

Veja também: 

"Marilyn era uma garota curvilínea e tinha peitos, não tinha uma cintura de 24 polegadas. Para mim isso é realmente inspirador. Isso me faz sentir que meu corpo pode ser aceito", disse a atriz. 

Para muitos seguidores, Lili foi desrespeitosa e gordofóbica, uma vez que têm um corpo magro e totalmente dentro dos padrões estéticos.

"O que é inaceitável no corpo dela? Por que ela está agindo como se estivesse sofrendo?", questionou um usuário do Instagram, destacando aspectos como a branquitude e a magreza da atriz. 

Depois dos ataques, Reinhart decidiu que era hora de abrir o jogo sobre um problema que vem enfrentando há anos: a dismorfia corporal. 

"Dizer que alguém não pode se sentir inseguro porque o seu corpo está "ok" é errado. Isso só piora o problema", escreveu, no Twitter. "É como se a minha dismorfia corporal fosse irrelevante por causa da minha aparência. Eu não sou curva o suficiente para me sentir insegura", questionou. 

Lili usou as redes sociais para lembrar que a dismorfia é uma doença e que pode levar suas vítimas a distúrbios alimentares. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!