menu
Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor

Família real pode cancelar suas aparições no palácio de Buckingham em 2019

Getty Images
A família real britânica pode não posar assim juntinha no balcão do palácio de Buckingham nem tão cedo Imagem: Getty Images

da Universa, em São Paulo

28/06/2018 11h19

As já tradicionais aparições da família real britânica toda reunida no balcão do palácio de Buckingham podem não acontecer em 2019. O motivo? Uma reforma extensa que comprometerá também a passagem à área externa da propriedade, segundo o jornal britânico "Daily Mail".

De acordo com a publicação, oficiais da rainha teriam afirmado que, em junho do próximo ano — época em que costuma acontecer o "Trooping the Colour", a cerimônia das Forças Armadas Britânicas que leva todos os membros da realeza ao encontro com o público — o salão central do palácio estará em obras, tornando impossível o acesso à tal "varanda".

Veja também

Trocas de fiações e outros reparos já acontecem no palácio desde 2017, informaram os assessores de imprensa da rainha ao público. A ala leste será a primeira seção do palácio, no entanto, a ser interditada oficialmente para a próxima etapa da reforma que deve durar, no total, dez anos e custar cerca de £369 milhões, ou seja, quase R$ 1,9 bilhão.

Dez mil obras de arte terão de ser removidas pelos trabalhadores que passarão a trabalhar nesta parte do palácio em abril. Algumas serão emprestadas a galerias e museus ao redor do mundo enquanto não retornam ao lar, enquanto outras irão parar em um depósito da Royal Collection, empresa que cuida do acervo da rainha.

Esta será a maior reforma do palácio desde àquela feita logo após a Segunda Guerra Mundial e deverá comprometer a sala de jantar chinesa, a sala de desenhos — locais onde acontecem visitas de Estado — e alguns dos quartos.

Canos de água com vazamentos e fiações antigas são a prioridade dos trabalhadores, que trocarão cerca de 16 km de canos, 6.500 soquetes de lâmpadas e 152 privadas. 

Um dos cortesões próximos à rainha teria afirmado à publicação que o acesso ao balcão do palácio será avaliado durante o outono deste ano, a partir de setembro, mas que é preciso que haja certeza de que a reforma e a estrutura serão seguras antes de trazer a família toda à área durante os eventos de 2019.

Mais Pausa