menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Agência de imagem cria álbum de torcedores sexy da Copa apenas com mulheres

da Universa, em São Paulo

27/06/2018 11h13

A Getty Images, uma das agências de imagens mais conhecidas do mundo, foi acusada por internautas de objetificar mulheres e as colocar em posições degradantes depois de publicar um álbum dos torcedores mais sexy da Copa do Mundo apenas com fotos de frequentadoras dos estádios.

A sequência de fotos trazia garotas jovens em trajes reveladores e as intitulava "as mais sexy" ["the sexiest", em inglês] ou "mais gostosas" [the hottest] a passar pelas arquibancadas do Mundial no Twitter.

Veja também

Apenas algumas horas depois da publicação, a empresa americana já havia enfrentado diversas críticas de usuários da plataforma.

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

"Os anos 70 ligaram e disseram que querem a misoginia deles de volta. Que bando de pervertidos tristes e sórdidos vocês são".

É por isso que temos [iniciativas como] "Women at the Game", "This Fan Girl" e "Women in Football", além da minha tese inteira de doutorado. E apesar disso, mesmo quando as mulheres estão torcendo por seus times na Copa do Mundo, elas ainda são objetificadas de uma maneira que homens não são. Isso as banaliza e banaliza sua torcida".

"Vejo que um tuíte da Getty agendado para a Copa do Mundo de 1974 finalmente foi ao ar".

"Sério mesmo, Getty Images? Estamos em 2018, os tempos estão mudando, então por que vocês não mudam?".

A Getty Images removeu o álbum desde então, afirmando em comunicado à imprensa que ele "não corresponde aos seus padrões editoriais".

"Nós lamentamos o erro e removemos a publicação. Há muitas histórias interessantes a contar a respeito da Copa do Mundo e nós reconhecemos que esta não é uma delas".

Mais Transforma