menu
Topo

Diversidade

Na Copa, autoridades russas mandam torcedor baixar bandeira LGBT em estádio

Da Universa

26/06/2018 15h37

De passagem pela Rússia, país onde há intensa perseguição a pessoas LGBT, para assistir à Copa do Mundo, o torcedor inglês Joe White hasteou uma bandeira colorida no estádio, enquanto acompanhava o jogo Inglaterra X Panamá nesta segunda-feira (25). 

A "ousadia" não passou em branco e um guarda do estádio pediu que ele guardasse a bandeira antes mesmo do jogo começar. 

Veja também: 

Não se tratava do tradicional arco-íris da luta LGBT, mas da bandeira do Three Lions Pride, um grupo inglês que incentiva a presença de gays na torcida de partidas de futebol, toda branca, com algumas listras coloridas. 

A post shared by Joe White (@joeywh1te)

on

"Estamos aqui porque somos torcedores da Inglaterra, mas também para mostrar solidariedade aos russos LGBT", disse White, nas redes sociais, ao relatar a experiência "frustrante". 

Ele e seus companheiros de torcida denunciaram o caso a um representante da FIFA que estava no estádio, que interveio imediantamente e anulou a decisão do guarda. Depois da confusão, Joe curtiu o jogo e comemorou muito a vitória da Inglaterra: