menu
Topo

Diversidade

Vaticano usa termo "LGBT" pela primeira vez em documento oficial

Riccardo De Luca/AP
Imagem: Riccardo De Luca/AP

Da Universa

21/06/2018 10h47

Em um texto sobre a relação da Igreja Católica com a juventude (em italiano) publicado nesta terça (19), o Vaticano usou pela primeira vez o termo “LGBT” para se referir aos jovens homossexuais que “buscam mais proximidade e solidariedade através da igreja”.

Em um comunicado (em inglês), Grancis DeBernardo, diretor da New Ways Ministry, que milita pela igualdade entre católicos gays celebrou a mudança, mas acha que ainda é pouco.

Veja também

“Essa mudança na linguagem mostra que os oficiais da igreja estão começando a entender que eles devem tratar as pessoas LGBT com respeito (...). Apesar disso, nada no documento demonstra que haverá uma mudança nas políticas em relação aos assuntos LGBT”.

O documento surge depois de algumas singelas mudanças ocorridas nos últimos anos, como em 2013, em que o papa Francisco foi o primeiro a usar a palavra “gay” e no mês passado, quando ele disse a um homem homossexual que sua sexualidade “não importava” e que “Deus o fez assim e o ama assim”.