Topo

Direitos da mulher

40% das mulheres no esporte enfrentam discriminação de gênero, diz estudo

AP Photo/Ben Curtis
Nem mesmo Serena Williams esteve imune à discriminação de gênero no esporte após se tornar mãe Imagem: AP Photo/Ben Curtis

da Universa, em São Paulo

20/06/2018 12h49

Cerca de 40% das mulheres na indústria do esporte já sofreram algum tipo de discriminação de gênero.

A conclusão é do estudo "Beyond 30 per cent: Workplace Culture in Sport" ("Além dos 30%: A cultura do local de trabalho no esporte", em tradução livre), publicado nesta quarta (20) e conduzido pela ONG britânica Women In Sport, a maior instituição do ramo na terra da rainha, entre setembro de 2017 e março de 2018.

Veja também

A pesquisa, que ouviu 1.152 homens e mulheres do meio esportivo, concluiu ainda que apenas metade da quantidade de homens — cerca de 20% — experimentou situações semelhantes.

Também 40% das mulheres acreditam que o próprio gênero tem impacto negativo na maneira com que são valorizadas em suas carreiras.

30% delas já foram alvo de comportamento inapropriado de um membro do sexo oposto no ambiente de trabalho, enquanto 10% dos homens disseram o mesmo.

72% dos homens ouvidos acreditam que homens e mulheres são tratados de maneira igual e justa no mercado de esporte, enquanto 46% das mulheres concordaram com a afirmação, concluiu o estudo.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!