Universa

Jada Pinkett Smith diz que tinha medo que filho fosse estuprado na infância

Getty Images
Will Smith, o filho, Jaden, e a mulher, Jada Pinkett Smith Imagem: Getty Images

da Universa, em São Paulo

14/06/2018 11h25

Assim como muitas mães, a atriz Jada Pinkett Smith diz que experimentou uma preocupação e medo intensos de que seus filhos Willow e Jaden, de 17 e 19 anos, sofressem abuso sexual na infância.

No último episódio de sua web série "Red Table Talk", no Facebook, a mulher do também ator Will Smith contou à caçula que chegou a impedir que Jaden dormisse na casa de amigos para que ele não corresse este risco.

Veja também 

"Você sabe quantos homens que eu conheço foram estuprados quando eram meninos?", perguntou ela à filha depois que Willow afirmou que homens não lidam com o mesmo perigo que mulheres.

"Eu era tão protetora com Jaden quanto era com você. Ele não tinha permissão para passar a noite na casa de ninguém porque eu nunca subestimei [a possibilidade] de que um menino pudesse ser violado da mesma forma que uma menina", relembrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo