menu
Topo

Diversidade

Ativista trans que teve cimento injetado no rosto faz cirurgia de reparação

YouTube
Rajee Narinesingh Imagem: YouTube

Da Universa

09/06/2018 15h47

Rajee  Narinesingh, ativista e mulher transgênero, que ficou com o rosto cheio de nódulos após ter cimento injetado no rosto por meio de uma intervenção médica clandestina, finalmente pode ver o seu rosto consertado após seu terceiro procedimento de reparação.

Ela foi uma das vítimas do médico Oneal Ron Morris, que realizava cirurgias plásticas usando substâncias tóxicas ao corpo, como supercola e óleo mineral.

Veja também 

Nascida em Nova York, Rajee fez procedimentos para alterar as bochechas, lábios e queixo, em 2005, e acabou com seu rosto desfigurado, visto que não tinha mais dinheiro para procurar outro cirurgião que pudesse arrumar os erros cometidos por Oneal -- que cobrou dela aproximadamente 300 reais por sessão.

Posteriormente, em 2012, a ativista recebeu injeções para suavizar o efeito e laserterapia. Em 2015, ela fez outra tentativa, mas o médico a aconselhou a não realizar outra cirurgia por medidas de segurança a sua saúde.

E! Entertainment
Imagem: E! Entertainment

"Estou linda como sempre e ansiosa para espalhar minha mensagem de igualdade até que cada ser humano do planeta sinta o amor que os médicos me transmitiram", disse Rajee ao "Daily Mail". 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!