menu
Topo

Relacionamentos

Casou faz tempo? Veja dicas para um sexo gostoso no Dia dos Namorados

iStock
Imagem: iStock

Talyta Vespa

Da Universa

08/06/2018 04h00

Dá para sair da rotina, e gostoso, depois de tanto tempo de casamento? A sexóloga Cátia Damasceno, que tem 2 milhões de inscritos em seu canal do Youtube, onde fala sobre sexo, garante que sim. E ela aposta no Dia dos Namorados para começar o processo.

À Universa, a especialista dá algumas dicas, mas frisa que o sexo não pode esperar datas comemorativas para se tornar mais interessante. “É preciso fazer algo muito diferente pelo menos uma vez por mês. E, pelo menos uma vez na semana, o casal precisa passar um tempo junto – assistir a um filme, preparar um jantar, conversar”, explica Cátia.

Veja também

O que fazer de diferente?

Para o Dia dos Namorados, uma das dicas da sexóloga é relembrar o começo do namoro. “Procurem ir ao mesmo restaurante em que iam quando se conheceram. Se possível, evitem ver um ao outro no decorrer do dia; seria legal se cada um se arrumasse para o encontro em locais diferentes, para estimular aquele friozinho na barriga”, diz.

Segundo Cátia, reviver, inclusive, o look do primeiro encontro apimenta o date. “É claro que usar o mesmo look é impossível, mas escolher peças que se aproximem das usadas antigamente vai despertar a memória afetiva do outro" 

E se nada disso for possível?

"Sugiro então um programa que fuja da rotina. Se jantar fora faz parte do dia a dia, não o faça neste Dia. Passem a noite em um hotel bacana ou saiam para dançar num lugar mais sexy, por exemplo". 

Estimular as fantasias juntos

Dormir fora não é uma opção? Sem problemas. “Eles podem, juntos, comprar uma lingerie para a mulher usar naquela noite. Escolher peças íntimas na frente da parceira, dizendo como gostaria de vê-la vestida, gera um clima de tesão. Poucos casais fazem isso; uma pena”, diz.

Brinquedos de sex shop também são legais. E escolhê-los juntos, melhor ainda. “Na maioria dos casais, é a mulher quem vai até as boutiques eróticas na tentativa de surpreender o marido. Nem sempre dá certo”.

Para quem tem vergonha de ir ao sex shop, Cátia sugere: "Acessem juntos uma loja online. É uma delícia descobrir as fantasias junto”.

Para os ousados...

Casas de swing. "Não precisa ir para transar. Essa opção só é legal se os dois estiverem a fim. Ver outras pessoas transando é excitante e vai estimular fantasias. Para quem está junto há muito tempo, casas liberais energizam o casal”.

Motel e restaurante romântico? NÃO!

Cátia é contra restaurantes clichês e motéis no dia mais romântico do ano. Ela explica o porquê: “Esses espaços ficam super lotados neste dia. Ninguém merece ficar na fila do motel pra dar!”.

Todos os dias

“A gente separa tempo para tudo na vida — para fazer a unha, ver um filme, trabalhar. É essencial que haja também um tempo destinado ao parceiro, e esse tempo só acontece se for marcado na agenda”, explica a especialista.

“É necessário cuidar da relação. Por mais que haja amor, ele não dura se o casal não se esforçar”.