menu
Topo

Direitos da mulher

Machismo quase fez Sandra Bullock desistir da carreira de atriz

Getty Images
Atriz na première do filme "Oito Mulheres e Um Segredo" Imagem: Getty Images

Da Universa

07/06/2018 16h38

O sexismo na indústria cinematográfica quase tirou de Hollywood uma de suas atrizes mais conhecidas. Em entrevista ao "USA Today", Sandra Bullock disse que foi por pouco que não desistiu de atuar quando percebeu como era difícil ser mulher na profissão que escolheu. 

"Tive um estalo e pensei 'Meu Deus, só estou sendo tratada desta forma porque tenho uma vagina'", lembra uma das protagonistas do filme "Oito Mulheres e Um Segredo". 

Veja também 

Aos 53 anos, Bullock disse que foi criada para fazer absolutamente tudo que um homem pode fazer, mas quando percebeu o abismo entre homens e mulheres no meio audiovisual, "foi difícil de engolir". 

"Pensei que a melhor saída era largar [a carreira] e ganhar a vida de outro jeito. Não queria fazer parte de um mundo em que as mulheres tinham experiências tão diferentes e negativas", desabafou. 

Sandra Bullock está entre as atrizes que denunciou o produtor Harvey Weinstein e, neste ano, aderiu à campanha #MeToo para falar sobre assédio sexual que sofreu aos 16 anos. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!