menu
Topo

Violência contra a mulher

Campanha contra assédio será exibida antes de eventos esportivos na França

IAN LANGSDON / EFE
Proposta já foi aceita pelas federações de futebol e rúgbi do país Imagem: IAN LANGSDON / EFE

Da RFI, em Paris

07/06/2018 11h30

A Federação Francesa de Futebol já aderiu à ideia, assim como a de rúgbi. A campanha publicitária "Tu seras un homme, mon fils" ("Você será um homem, meu filho", em português) será exibida a partir desta quarta-feira (6) na TV e em telões antes de jogos importantes do campeonato francês, e mesmo antes de competições da Copa do Mundo na Rússia.

Além das duas grandes federações esportivas francesas, a rede pública de televisão do país, que congrega uma das maiores audiências da França, também resolveu apoiar a ideia, levada a cabo pela Fondation de Femmes (Fundação das Mulheres), baseada em Paris.

Veja também

O objetivo é sensibilizar jovens audiências masculinas contra as violências feitas às mulheres, o assédio e o sexismo. "O assédio e a violência contra as mulheres não é apenas um caso de mulheres", proclama a campanha, destinada, segundo a fundação, a "aumentar a conscientização entre os homens", e narrada pela voz do célebre rapper Oxmo Puccino.

Inspirado no famoso poema de Rudyard Kipling, "Você será um homem, meu filho", de 1909, a campanha de 45 segundos apresenta homens de todas as idades em suas vidas com seus filhos, seja em eventos esportivos na escola, seja nas relações com as mulheres.

"Se você souber apoiar, sem querer dominar, se souber que pode ser forte, sem ser violento (...) Você será um homem meu filho" (...) "Se você se recusar a humilhar sua mãe, sua irmã, ou suas amigas, assim como todas as mulheres que você conhecerá em sua vida, então nesse dia, sim, você será um homem meu filho ", diz a voz profunda do rapper.

Impedir a reprodução da violência contra mulheres em novas gerações

O objetivo da campanha francesa é "agir para impedir a reprodução da violência e da desigualdade de uma geração para outra", segundo Maxime Ruszniewski, cofundadora da Fundação das Mulheres. "Após os movimentos #MeToo e #BalanceTonPorc, muitas vezes nos perguntaram sobre o papel dos homens, e decidimos lançar uma campanha para destacar como a questão da educação é fundamental para combater os estereótipos, e dizer aos homens que eles também devem se preocupar", continua ela.

O comercial, concebido pela agência TBWA, é transmitido a partir desta quarta-feira e durante todo o mês de junho nos canais TF1 e da rede pública de TV da França. Será visível, inclusive, antes da preparação para o jogo de futebol da Copa do Mundo que oporá França e Itália.

Segundo uma pesquisa da Kantar, realizada na Internet entre 1.005 pessoas, por ocasião desta campanha, quase oito em cada dez entrevistados acreditam que a a igualdade de gênero é "uma questão tanto de mulheres quanto de homens".