menu
Topo

Mães e filhos

Conheça o "hypnobirthing", método badalado que promete um parto sem dor

Natacha Cortêz

Da Universa

04/06/2018 04h00

Assim que Kate Middleton, disposta e perfeitamente equilibrada sobre um par de escarpins salto agulha, deixou a maternidade após o parto de seu terceiro filho, as especulações começaram. O que faz essa mulher para estar em sua melhor forma poucas horas depois de um exaustivo trabalho de parto? 

Getty Images
O dia em que Kate Middleton deixou a maternidade, horas depois do parto do seu terceiro filho Imagem: Getty Images

Bem, para começo de conversa, é provável que o trabalho não tenha sido dos mais exaustivos. Além de optar pelo parto normal humanizado - o que significa que à mãe é oferecido todo apoio e protagonismo -, a Duquesa de Cambridge, sem confirmação oficial, teria usado um método de hipnose guiada no nascimento do novo bebê real. Hypnobirthing (pronuncia-se ripnobârfing) é o nome da técnica, também considerada "uma espécie de filosofia". 

Veja também

“Hypnobirthing serve para a preparação, e ainda para o parto em si. É baseada na premissa de que o corpo da mulher foi concebido para parir e que ela tem o poder natural de realizar isso”, quem diz isso é Lucia DeJu, fisioterapeuta, doula e instrutora de hypnobirthing em São Paulo. Brasileira, Lucia foi aos Estados Unidos passar pela formação da técnica mais tradicional de parto sob hipnose, a Mongan, desenvolvida pela norte-americana Marie Mongan há 28 anos.

A ansiedade, a tensão e o medo podem afetar de forma significativa e adversa todo o processo de nascimento. “Com a hipnose, podemos ajudar as mulheres a trazer ao mundo bebês de uma forma mais  tranquila, amorosa e livre de dor e medo”, garante Lúcia. Isso mesmo que você acabou de ler: “livre de dor”. Qualquer mulher que já passou pela experiência de um parto sabe que essa é uma promessa no mínimo ousada.

Arquivo pessoal
A enfermeira obstetra Cinthia passou por três partos - no último, retratado na foto acima, usou o método hypnobirthing Imagem: Arquivo pessoal

A enfermeira obstetra Cinthia Calsinski, de 38 anos, também pensava assim, até que se aventurou a usar o hypnobirtinhg no nascimento de seu terceiro bebê, em um parto natural e em casa. “É impressionante como o método funcionou comigo. Tive ausência total de desconforto e dor, então, nem se fala. Zero dor. Tudo que senti foi uma única contração minutos antes do nascimento de Carolina”, conta. Os dois partos anteriores de Cinthia foram uma cesária e um parto normal em hospital, respectivamente. “Vivi três experiências, uma completamente diferente da outra e seguramente posso dizer que o parto sob hipnose é a mais confortável delas. Passei o trabalho de parto todo de fone de ouvido e de olhos fechados.”

Parto sob hipnose significa que a gestante será hipnotizada, literalmente?

Não é bem assim. O método utiliza a hipnose, mas não do modo como se imagina. Na verdade, estamos falando de meditações guiadas, que devem, inclusive começar a serem praticadas diariamente, meses antes do parto. “Tipo os exercícios de mindfulness, que incitam um estado de atenção pela”, explica Lúcia. No mais, o hypnobirthing opera sob o conceito de que os músculos sob tensão criam a experiência de dor; já os músculos que estão em um estado relaxado, não.

Parto sob hipnose significa estar ausente?

Pelo contrário. A técnica consiste em tirar o foco da dor e colocá-lo no relaxamento e na naturalidade da experiência de parir. A gestante fica em estado de extrema presença.

Passei o trabalho de parto todo de fone de ouvido e de olhos fechados.

Arquivo pessoal
Cinthia conta que teve "zero dor" no parto em que usou o hypnobirthing Imagem: Arquivo pessoal

Qualquer mulher pode usar o método?

Sim. E mesmo que não alcance (inclusive até porque não almeja) um parto natural. É possível diminuir os possíveis efeitos colaterais de uma intervenção ou anestesia por exemplo, e até mesmo acelerar a recuperação pós-cirúrgica. De qualquer forma, assim que você optar pelo uso do hypnobirthing no seu parto, avise seu médico e doula, se for o caso, com antecedência. É importante que eles saibam das suas escolhas para que possam ajudar que sejam cumpridas. 

Quanto custa ter um parto com hypnobirthing?

É preciso fazer um curso, de 12 horas, para poder aplicar o método no próprio parto. No Brasil, Lúcia, a instrutora citada neste texto, é a única profissional habilitada para aplicar a aula, que custa R$ 1.300,00, para a mulher e um acompanhante, e pode ser feita pessoalmente ou por Skype. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!