Autoestima

Serena Williams responde a comentários de que ela seria "masculina"

AFP PHOTO / EDUARDO MUNOZ ALVAREZ
Serena Williams Imagem: AFP PHOTO / EDUARDO MUNOZ ALVAREZ

da Universa, em São Paulo

01/06/2018 12h26

Exemplo do poder feminino no esporte com 23 títulos de Grand Slam no currículo, Serena Williams também quer ser um modelo a ser seguido fora das quadras. E por um bom motivo: sua filha, Alexis Olympia, de 8 meses. 

A tenista está revendo suas posições a respeito de seu próprio corpo e decidiu responder aos comentários preconceituosos que afirmam que ela é "masculina".

Veja também

"Era duro para mim. As pessoas diziam que eu nasci um homem por causa dos meus braços, ou porque eu era forte. Eu era diferente da Venus [Williams, sua irmã e também tenista]: ela era magra, alta e bonita e eu sou forte, musculosa — e bonita, mas de um jeito totalmente diferente", explicou à revista americana "Harper's Bazaar" de julho.

Serena comentou ainda uma entrevista que deu em 2004, na qual afirmou que um de seus objetivos era vestir o manequim 38. "Meu Deus, eu nunca serei um 38. Por que eu queria fazer isso e ser isso?".

Apontando para os próprios bíceps, ela declarou: "Esta sou eu, esta é minha arma, minha máquina. Mas eu amo que eu tenha dito isso porque posso entender [de onde veio]". 

Para a atleta, é importante que ela possa conversas sobre as dificuldades que enfrentou com a própria filha, jogando limpo sobre pressões que mulheres enfrentam na sociedade por causa de seus corpos.

"Posso mostrar para a Olympia que eu passei por dificuldades, mas que agora estou feliz com quem eu sou, com o que eu sou e com a minha aparência. Ela nasceu nos meus braços e ao invés de ficar triste ou temer aquilo que as pessoas poderiam dizer a respeito dela, eu estava muito feliz".

Ela ainda afirmou que sempre soube que estava grávida de uma menina.

"Eu estava jogando [no Aberto da Austrália, em 2017] e não tinha um só dia de enjoos. A Austrália é muito quente e alguns dias podem passar dos 40ºC, o que é uma loucura. Mas ela nunca reclamou. Eu disse ao pai dela: 'é uma garota!'. Só uma mulher pode ser tão forte assim".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Bloomberg
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog Flávia Durante
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Topo