menu
Topo

Novidades de beleza

Massagem drenante com óleo de coco é arma Luiza Brunet contra celulites

Reprodução/Instagram/@luizabrunetoficial
Luiza Brunet Imagem: Reprodução/Instagram/@luizabrunetoficial

Paula Roschel

Colaboração para Universa

23/05/2018 04h00

Técnica popular, a drenagem linfática tem prestígio até mesmo no meio médico mais tradicional como arma contra a retenção de líquidos. Originalmente, as pressões sobre a pele eram feitas sem creme ou óleo. Hoje, no entantro, especialistas adaptam e reinventam tal protocolo tradicional com aromaterapia e até mesmo com o aclamado óleo de coco.

Adepta de tratamentos naturais, Luiza Brunet faz regularmente a massagem drenante com óleo de coco do Espaço Julide Gomes, no Rio de Janeiro: “Com a harmonia do óleo e a drenagem consigo ver resultado positivo e a curto prazo. Percebo que meu corpo fica modelado de uma forma incrível, além de minimizar as celulites. Como o tratamento hidrata, também ajuda nas estrias”, revela a empresária.

Veja também

Drenante e hidratante

Segundo Julide, o tratamento se difere dos demais pela hidratação profunda com o óleo de coco de grau cosmético, ou seja, sem passar perto da matéria-prima culinária:

“Os benefícios do óleo na pele são inúmeros, mas o que chama atenção das clientes é a hidratação profunda dos tecidos. As pessoas encontram o óleo de coco específico para o corpo em vários lugares e eu o indico, inclusive, para as meninas usarem no banho, para hidratar,” diz.

Foi-se o tempo em que drenagem era sinônimo de manchas roxas. A técnica feita da forma correta é suave e nada se assemelha a uma massagem vigorosa, portanto, não deve deixar marcas: “Se há hematomas após a drenagem é sinal de que ela foi feita de maneira incorreta e seguiu técnicas que não são indicadas pelos profissionais de qualidade,” pontua Julide. A profissional diz, ainda, que as drenagens linfáticas para pós-operatório precisam ser feitas sem cremes ou óleos.

Drenante e aromática

Outra modalidade de drenagem turbinada em alta surgiu das experimentações de Bruna Marcon, esteticista de Piracicaba que vai a São Paulo aplicar sua Drenamax, mistura de leve pressão das mãos com o poder dos aromas terapêuticos:

“Criei a técnica para que as clientes tivessem um resultado prolongado no organismo e não um Efeito Cinderela. O diferencial é estimular não só o sistema linfático, mas o organismo como um todo. A sinergia da aromaterapia promove os resultados gradativos e duradouros,” explica a profissional. “Existem óleos aromáticos que estimulam a drenagem do organismo, assim como sua desintoxicação, como alecrim, camomila romana, hortelã-pimenta, cipreste e laranja. Alguns podem, inclusive, fazer parte da drenagem no período gestacional”, garante.

Massagem drenante com óleo de coco

O que é? Estímulo suave de pontos do corpo para promover a retirada de inchaços.
Resultados esperados: Corpo mais modelado, perda de peso por meio da eliminação de líquidos e pele mais macia, pelo uso do óleo de coco de grau cosmético.
Duração: Uma hora e meia.
Quantidade de sessões: O protocolo mínimo tem dez sessões.
Contraindicação: Pessoas com câncer, em processos infecciosos e hipertensos. Gestantes apenas podem receber após aval médico.
Manutenção: Duas vezes na semana.
Valor da sessão: R$ 170.

Drenamax

O que é? Drenagem linfática otimizada pelas propriedades de óleos com finalidade estimulante e aromaterapia.
Resultados esperados: Corpo sem inchaços e sensação de bem-estar e leveza.
Duração: Uma hora e meia.
Quantidade de sessões: Depende da avaliação da profissional.
Contraindicação: Pessoas com câncer, em processos infecciosos e hipertensos.
Manutenção: Duas vezes na semana.
Valor da sessão: Em média, R$ 240.