Universa

Estudo prova que britânicos dizem mais "obrigado" que outras nacionalidades

Toby Melville/Reuters
Imagem: Toby Melville/Reuters

Da Universa

23/05/2018 13h04

Quando se trata de boas maneiras, os britânicos saem da frente de qualquer outra nacionalidade. Pelo menos segundo um estudo publicado na Royal Society Open Science, que concluiu que nascidos no Reino Unido são os campões mundiais em dizer "obrigado". 

Para chegar a esta tese, pesquisadores analisaram a interação entre pessoas de oito línguas diferentes e consideraram também outras expressões de gratidão, como "valeu" e "bom trabalho".

Veja também: 

A cordialidade dos britânicos, no entanto, tem suas limitações. Apensar de dizerem mais "obrigado" que todo o mundo, eles agradem em apenas uma entre sete situações. Ou seja, perdem seis em cada sete oportunidades de agradecer alguém ou alguma coisa. 

Para além da conhecida cordialidade dos britânicos, a pesquisa analisou as interações entre integrantes da tribo indígena Chapalaa, do Equador, que nunca agradecem uns aos outros. 

Outros países como Polônia e Rússia também surpreenderam pelas baixas taxas de "obrigado" – 2% e 3%, respectivamente. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo