menu
Topo

Sexo

Quer dar um "up" na libido? Sexóloga do "Power Couple" ensina autossedução

iStock
"Acorde já pensando em sexo" é uma das dicas Imagem: iStock

Heloísa Noronha

Colaboração para Universa

11/05/2018 04h00

As preliminares, você sabe, têm participação importante no seu clímax - principalmente se o estímulo no clitóris for caprichado, já que a maior parte dos orgasmos femininos acontece dessa forma.

Para a psicóloga e terapeuta sexual Tatiana Presser, participante do reality show "Power Couple" (Rede Record), a estratégia mais poderosa para uma mulher ter prazer é apostar na autossedução. Em seus cursos e oficinas, ela defende o lema de Betty Dodson, educadora sexual norte-americana que teve grande sucesso nos anos 1970: toda mulher é responsável pelo próprio orgasmo.

"Ela é uma grande feminista e conhecedora da sexualidade humana. Se somos responsáveis pelo nosso próprio orgasmo, temos que nos conhecer como mulher para tirar o máximo proveito dos nossos atributos sexuais. E uma das principais características femininas é a imaginação", diz Tatiana, que é autora do livro "Vem Transar Comigo" (Ed. Rocco).

Veja também

Arquivo pessoal
A psicóloga e terapeuta sexual Tatiana Presser Imagem: Arquivo pessoal

A imaginação é a peça-chave da autossedução, termo cunhado pela sexóloga para definir toda a fase de preparação que antecede o sexo e deixa a mulher superligada. Tem a ver com a primeira etapa do orgasmo - a saber: desejo, excitação, gozo e resolução -, só que mais focada.

"Costumo dizer que a autossedução ajuda a mulher a entrar no clima antes mesmo de o clima começar. Isso funciona principalmente para quem vive relações de longa data, em que um já está habituado ao outro, pois aumenta a vontade de fazer sexo, modificando por completo toda a transa. Mas, na prática, como funciona? Vamos lá:

  • Acorde já pensando em sexo, antecipando tudo o que vai acontecer ao fim do dia ou à noite.
  • Ao se despedir do par, nada de dar aquele selinho insosso típico de quem já está junto há muito tempo. "O beijo tem que envolver língua, lábios e pelo menos dez segundos da sua vida", diz Tatiana. "Lembre-se que o beijo é tão erótico quanto o sexo e, bem dado, é capaz de trazer o friozinho de volta à barriga com muito mais intensidade do que uma ótima transa", completa.
  • Ao longo do dia, prepare-se da melhor forma possível. Você pode, por exemplo, colocar a roupa com que se sinta poderosa, atraente e bem à vontade. Importante frisar: o look tem que ter a sua cara, e não seguir uma fórmula pronta do que é sexy.
  • Ouça músicas que a façam pensar em sacanagem. Pode ser no carro, no transporte público, na caminhada matinal ou durante alguma atividade doméstica.
  • Pense nas fantasias sexuais que nunca ousou contar a ninguém - e que talvez nem se atreva a realizar, mas só de imaginar você sente tanto tesão que chega a ficar molhada.
  • Mande mensagens eróticas ao longo do dia para o par, explícitas o bastante não só para atiçá-lo, mas para você se sentir acesa.
  • Faça atividades que aumente o fluxo sanguíneo na área genital. Exemplos: ler um conto erótico, ver algum vídeo pornô e, principalmente, se masturbar. Se o dia for corrido, vale até uma "rapidinha" consigo mesma na hora do banho. O objetivo é preparar o corpo para a transa a dois que vai acontecer logo mais. Dica extra: com sex toys, fica tudo mais divertido.
  • Está achando difícil incluir todo esse plano de autossedução na agenda? Ok, em certos momentos do dia o tesão despenca, mesmo, diante de situações chatas como enfrentar o trânsito ou algum perrengue no trabalho. E, para muita gente, demandas domésticas como ajudar as crianças com os deveres de casa acabam dominando a atenção. Pois faça o que tem que fazer e retome o plano.
  • Quando estiver com o par, durante as preliminares, assuma o comando e não espere que ele a toque. Use as próprias mãos para mostrar como gosta de ser estimulada, inclusive orientando sobre a intensidade.
  • É possível, ainda, praticar a autosseducação conjunta, sabia? O segredo é fazer a dois atividades físicas que provocam o aumento da adrenalina, hormônio que provoca um aumento na libido. Atividades como andar de bicicleta, fazer trilhas, escalar e até arriscadas como bungee jumping e salto de paraquedas vão elevar a necessidade de dopamina, substância que se alimenta de novidades e riscos. "Vocês poderão aproveitar tudo isso para experimentar coisas novas na cama. Além disso, esportes a dois provocam uma sensação de unificação, já que tentaram algo diferente a arriscado. A sensação de companheirismo ao ter experiências assim fortalece o elo que mantém o casal junto", afirma Tatiana.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!