menu
Topo

Recomenda

Dicas de filmes, séries, leituras, sons, espetáculos

Vera Egito estreia no teatro com peça inspirada na vida de Liv Ullmann

Gianfranco Briceño
Vera Egito Imagem: Gianfranco Briceño

Natacha Cortêz

Da Universa

06/05/2018 14h59

A cineasta Vera Egito, de “Amores Urbanos” (2016), marca sua estreia no teatro com "Eu sou essa outra", peça inspirada na vida da atriz norueguesa Liv Ullmann, famosa por protagonizar "Persona", filme do cineasta sueco Ingmar Bergman.

Partindo de "Mutações", livro autobiográfico de Liv, o espetáculo trata dos muitos papéis vividos por uma mulher em seus processos pessoais, profissionais e artísticos. Carreira, maternidade, autoimagem, relacionamentos são temas da peça, que também traz referências à peça "Casa de bonecas", do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, e ao filme "Persona", de Ingmar Bergman.

Abaixo, Liv em cena de "Persona":

Veja também

O texto de "Eu sou essa outra" é também de uma mulher, Carla Kinzo.

“A direção teatral é nova para mim, mas o amor pelo teatro é mais antigo. Por mais desafiador que seja para mim, este é um lugar que ocupo com alegria e afeto, para o qual me preparei para estar. O texto da Carla Kinzo foi essencial para que eu aceitasse o convite. A abordagem que ela faz aos temas propostos por Liv Ullmann em suas memórias é tão bonita, tão inteligente e singela ao mesmo tempo”, comenta Vera.

Na imagem a seguir, Laura Nogueira, Rita Gullo, Carla Kinzo e Vera Egito.

O espetáculo estreia no Sesc Pinheiros, em São Paulo, no dia 17 de maio, e segue em cartaz até 16 de junho, com sessões de quinta a domingo, às 20h30. O valor do ingresso é R$ 25.

Equipe criativa também é toda de mulheres

Maria Laura Nogueira, Nana Yazbek e Rita Gullo revezam-se em cena para recriar episódios da vida de Liv  Ullmann que, por sua contundência, são usados para discutir os papéis das mulheres em espaços de criação. Completamente feminina, a equipe do espetáculo também foi formada a partir dessa reflexão que o livro propôs. A trilha sonora será improvisada em cena por Camila Cornelsen. A cenografia é de Carmela Rocha.

Os figurinos são de Emanuelle Junqueira. “A peça traz Nora, mulher do século 19, Elisabeth, protagonista de 'Persona', mulher dos anos 60 e a própria Liv, atual e viva. O figurino sobrepõe essas épocas. As três atrizes se revezam fazendo as três personagens alternadamente até virarem uma só. Os figurinos seguem esse conceito”, diz Vera.

Já a iluminação, concebida por Aline Santini, é parcialmente manipulada pelas atrizes no palco. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!