Mães e filhos

Isis Valverde está grávida de 3 meses, e não tem barriga. Entenda por quê

Reprodução/Instagram
Grávida, Isis Valverde acaricia barriga e diz: "Preparando a tua chegada" Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

05/05/2018 04h00

A mulher não pode anunciar que está esperando um (a) filho (a), que logo surgem os fiscais da barriga alheia. Uma hora é que ela não aparece, na outra, é que está grande demais...

Grávida de três meses de seu primeiro filho, a atriz Isis Valverde vem sentindo essa cobrança, literalmente, na pele. Pelas redes sociais, os (?) fãs não param de perguntar: “Ansiosa para ver a barriguinha”; “Cadê? Continua com o corpinho de sereia” e "Aproveite, porque quando a barriga crescer não vai dar para fazer mais (Isis havia postado uma foto em que aparece fazendo ioga, de ponta cabeça)". Em um desses comentários, a atriz até reclamou: "Calma, estou de muito pouco! (....) Povo ansioso".

Dias atrás, Isis postou em seu Instagram fotos dos bastidores de uma campanha de lingeries que ela protagonizou. Nas imagens, sua barriga aparece retinha.

Há algum problema nisso?    

Veja também

Não! É apenas a natureza. Nada está errado.

“Teoricamente, o útero sai da pelve, da região da bacia, a partir das 12 semanas, ou seja, nos três meses de gestação. Antes disso é muito difícil a mulher ter ‘alguma barriga’. O que costuma aparecer, é uma saliência, como se fosse característica do período menstrual”, explica o ginecologista e mestre em obstetrícia pela USP, Wagner Hernandez.

Outro fator determinante para o aparecimento da barriguinha nesse início é o biótipo da mulher. “(No caso de Isis Valverde), estamos falando de uma mulher que se exercita e tem o abdômen forte. Por isso, o útero não exerce uma pressão tão forte na barriga. Assim, é difícil identificar que ela está grávida só de bater o olho. Atletas e mulheres que se exercitam com frequência tendem a ter barrigas mais firmes”, diz Hernandez.

O número de gestações também influencia no crescimento. “Geralmente, na primeira gravidez, o abdômen está mais forte, aguenta mais tempo e a barriga demora para aparecer. No caso das gravidezes seguintes, a barriga surge mais cedo e maior também”, observa o obstetra.

Normalmente, a barriga só passa a ser perceptível entre a 20ª e 25ª semana, ou seja, lá para o quinto, sexto mês. Mas claro, se for uma gravidez de gêmeos, ela pode aparecer antes. 

“Nos primeiros três meses, o útero cresce no máximo 12 centímetros (seu tamanho original é sete) e é comum ficar imperceptível. O que as pessoas costumam apalpar na barriga, lá pelo quinto mês, é o útero, o crescimento dele. Os movimentos fetais, aqueles vistos a olho nu, só acontecem por volta do sétimo mês”, afirma a ginecologista e médica do Hospital das Clínicas, Mara Diegoli, autora do livro “A Mulher e os Sete Grandes Desafios”. Ela ainda salienta que o útero cresce um centímetro por semana, chegando no final da gravidez com cerca de 35 a 40 centímetros.

O tamanho da barriga influencia no peso do bebê?

"Indiretamente, o tamanho da barriga está relacionado com o peso do bebê, mas isso não é objetivo. Por isso, usamos o ultrassom para fazer o diagnóstico", diz Hernandez. "Algumas mulheres magras têm filhos com mais de três quilos; ou seja, o biótipo da mulher não é determinante no peso do bebê. O importante é a grávida se alimentar bem e tentar engordar no máximo 10 quilos durante toda a gestação", reforça Mara.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
AzMina
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Topo