menu
Topo

Direitos da mulher

Ava DuVernay defende a contratação apenas de mulheres para dirigir filmes

Getty Images
Ava DuVernay é diretora de "Selma" e "13ª Emenda" Imagem: Getty Images

Da Universa

05/05/2018 19h26

A norte-americana Ava DuVernay é diretora e roteirista em Hollywood. Ficou famosa pela direção de "Selma: Uma Luta pela Igualdade" (2014) e, aliás, por esse trabalho, se tornou a primeira diretora negra nomeada para um Globo de Ouro. Dirigiu ainda o documentário "13ª Emenda" (2016). 

Na última quinta-feira (3), Ava recebeu o prêmio Woman of Vision (Mulher de visão, em tradução livre) no 30º Gloria Awards, em Nova York, que celebra as realizações técnicas e criativas das mulheres na mídia.

Durante seu discurso, ela compartilhou uma história de como um "amigo", membro do Sindicato dos Diretores da América, uma vez ligou para avisá-la que "havia algumas reclamações" sobre seu trabalho. Aparentemente, outros diretores ficaram chateados com o fato de Ava ter contratado apenas mulheres para dirigir os episódios da série "Queen Sugar", que ela produziu ao lado de Oprah Winfrey. 

Veja também

Em resposta ao "amigo", e logo como um recado para a plateia que ali a assistia, Ava defendeu a contratação exclusiva de mulheres para a direção de filmes. "Porque podemos fazer isso, se é isso que queremos fazer!", concluiu. 

Reprodução
Cena do filme "Selma: Uma Luta Pela Igualdade" (2014) Imagem: Reprodução

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!