menu
Topo

Beleza

Cachos desvendados: como manter os caracóis perfeitos e brilhar muito

Felipe Gabriel/UOL
Confira quais são os cuidados apropriados para os seus fios Imagem: Felipe Gabriel/UOL

Geiza Martins

Colaboração para Universa

23/04/2018 04h00

Procuram-se caracóis divinos. A recompensa: uma autoestima batendo teto! Toda cacheada sabe que bater cachos por aí atrai elogios e admiração; mas, acima de tudo, faz ter orgulho do cabelo - inclusive, muitas delas já transformaram os fios e organizaram até a Marcha do Orgulho Crespo.

No entanto, elas também conhecem o trabalho que dá manter os fios em (des)ordem. Para aprender a cuidar deles, listamos técnicas e macetes usados em salão de beleza, que você pode encaixar na sua rotina de cuidados. Elas vão desde a lavagem até a finalização.

Veja também

Truques no chuveiro

Tenha em mente que cabelos cacheados são sensíveis, portanto, a lavagem deve ser a mais delicada possível. Segundo o cabeleireiro especialista em cachos Wilson Farias, do salão Etnic, em São Paulo, a temperatura da água deve ser morna, já que quente resseca muito o couro cabeludo. 

Os xampus mais indicados são os hidratantes. "Usamos muito os de baixo Poo, com baixo teor de sulfato. Ajudam na lubrificação dos fios". Na hora de ensaboar, o produto deve ser emulsionado antes e depois espalhado pelos cabelos com os dedos.

"Daí, siga com uma massagem em movimentos circulares começando pelos fios e seguindo para o couro cabeludo sem friccionar. Não vale esfregar", ensina Wilson. E aproveite a etapa do condicionador para desembaraçar debaixo do banho, sempre começando pelas pontas, subindo para a raiz e deslizando por entre os dedos. E não esqueça de enxaguar bem.

A hora da toalha

Pode parecer bobagem, mas se pensarmos bem, a toalha já faz parte da finalização do cabelo cacheado. Se você cometer um erro ali, o alinhamento dos fios pode ser prejudicado e você já não vai ter 100% dos cachos formados.

"Os fios jamais podem ser esfregados de forma brusca", comenta. Não vale também torcer o cabelo na tolha. A técnica de Wilson é usar uma toalha de algodão e somente amassá-los. Ele avisa que você pode optar por uma camiseta de algodão.

Pentear ou não?

Vai depender da textura dos seus fios. Algumas pessoas preferem passar o pente debaixo da água mesmo, durante o banho. Se for fazer isso, não esqueça de desligar o chuveiro, afinal, água é algo valioso.

Você pode também penteá-los depois do banho, sempre com os fios ainda molhados, e começando pelas pontas. Desse modo, não acontece o rompimento da fibra capilar.

O tipo do pente importa e muito. Os cachos pedem cerdas largas e de madeira, pois os de plástico podem gerar mais fricção e causar o indesejado frizz. Dá para usar apenas os dedos. A escolha é livre, ok?

Secador nem pensar?

Pode, sim. Existem diversos tipos de secador, porém, só vale usar com difusor. O resultado nunca fica igual ao da secagem natural. Isso porque a ação do calor somada ao vento e manuseio mecânico darão mais volume aos cabelos. Ou seja, ao usar difusor, a proposta será sempre arrasar no volume! "Lembre-se de secar com temperatura alta mas velocidade baixa", ensina.

Os cuidados pós-chuveiro

Leave-in é regra para as cacheadas, pois mantém os fios hidratados e com textura definida. Mas não basta apenas espalhar na mão e mandar ver. Existe uma técnica para isso. Wilson ensina dividir o cabelo em quatro sessões.

"Depois, faça uma sessão por vez, aplique nos fios sentido comprimento e emulsione as mechas." É neste momento que você pode também optar por fazer a famosa fitagem, que valoriza ainda mais os cachos.

Segundo o cabeleireiro, o segredo da boa finalização é aplicar um definidor de cachos ricos em viscosidade ou elasticidade. Após o leave-in, ele indica alguns produtos para reduzir o frizz. "Eu aposto muito em selantes, ativadores ou gel para cachos e, por fim, spray reparador de pontas", finaliza.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!