menu
Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor

Obrigada a ficar em repouso, grávida frequenta universidade graças a robô

Reprodução/Instagram
Tess Messiha, da UCI Law Imagem: Reprodução/Instagram

08/04/2018 20h22

Uma estudante de Direito grávida recebeu ordens médicas para ficar em repouso. A Universidade onde ela estuda, então, propôs uma forma para que ela não perdesse as aulas: ser substituída por um robô.

O caso aconteceu nos Estados Unidos, com Tess Messiha, que frequenta a University of California Irvine School of Law.

Tess, que cursa o primeiro ano de Direito, teria que ficar três semanas de cama. Ela procurou a direção da universidade, que propôs o uso de um robô de telepresença, para que os estudos dela não fossem prejudicados.

Os professores dela foram avisados e os amigos mais próximos ficaram encarregados de levar o robô para cima e para baixo, a cada nova sala que precisavam entrar.

Assim, a aluna conseguir assistir às aulas sem colocar sua saúde nem a do bebê em risco.

"Meus amigos estavam ansiosos para me ajudar e raramente tive dificuldades técnicas. Mais de 98% do tempo eu pude ver e ouvir meus professores claramente, participar ativamente com perguntas e respostas e me manter com meus outros colegas, que fisicamente estavam em seus lugares", ela disse em entrevista ao site "Above the Law".

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Pausa