Mães e filhos

Será que estou grávida? Conheça os sintomas mais comuns de gravidez

Getty Images
Os diversos sintomas da gravidez até o teste Imagem: Getty Images

Geiza Martins

Colaboração para Universa

02/04/2018 04h00

A cena é de novela, basta a mocinha sentar à mesa para o café da manhã e bate aquele enjoo. Não dá outra, o público já sabe: a personagem está grávida. No entanto, há um motivo para os autores de folhetins usarem esse "clichê". Isso acontece na vida real mesmo, não é só coisa de ficção. A menstruação atrasada é um sintoma comum da gravidez. Porém, junto dele (e antes também), o corpo dá muitas outras dicas de que há um bebê a caminho: enjoos e vômitos, seios inchados e/ou doloridos, irritação, cansaço, sono em excesso e tonturas são apenas alguns deles.

A DJ Mônica Silva, por exemplo, passou a sentir náusea de todos seus pratos favoritos. "Enjoava total, até da cerveja", comentou às risadas. E isso é completamente comum durante a gravidez (principalmente no início). De acordo com Alfonso Massaguer, ginecologista e especialista em reprodução humana da Clínica Mãe, a culpa é do BHCG (beta HCG), que é o hormônio da gravidez.

Veja também

O hábito alimentar também pode mudar, seja no aumento ou redução do apetite, mudança no desejo e horário da alimentação. "Pode haver também preferência por alimentos diferentes, mudanças de paladar e até olfato", afirma. 

Coisa de pele

Mas, apesar dessa grande pista que o organismo de Mônica enviou, ela não desconfiou de nada. Foi seu marido, Marcos Beviláqua, que matou a charada. Um dia, no banho, ele percebeu uma linha vertical na barriga de sua esposa. Daí lembrou dos enjoos e concluiu: "está grávida, certeza". E estava mesmo. Hoje os dois são pais de Júlia, de 8 anos.

Essa linha é chamada de "linea nigra" ou linha negra e fica, de fato, mais evidente na gestação. De acordo com Alfonso Massaguer, ginecologista e especialista em reprodução humana da Clínica Mãe, essa mudança é resultado da alteração hormonal e da melanina. "Essa região possui mais melanócitos, as células que produzem a melanina que dá cor a nossa pele, e os melanócitos são estimulados durante a gravidez pelo aumento de uma série de hormônios".

Essa mina é "louca"

Karini Nunes e Rafael Ocker queriam virar pais. Para isso, a técnica em segurança do trabalho já estava fazendo acompanhamento médico e tinha parado de tomar anticoncepcionais havia 4 meses. De repente, Karini começou a ficar muito irritada e todos a seu redor começaram a reclamar de seu comportamento. "Pensei que era bipolar, de verdade mesmo. Uma hora eu estava feliz, outra hora, triste. Até mandei uma mensagem para a médica", lembra.

O que Karini não sabia era que irritabilidade, tensão e instabilidade emocional são sintomas bem fortes na primeira fase da gravidez. Tanto é que logo percebeu o atraso menstrual e, poucos meses depois, chegou o bebê Miguel, que hoje tem 1 ano.

Mais sinais

Além da linha negra, Alfonso explica que outros hormônios, como o estradiol e a progesterona, ficam em taxas mais elevadas e, por isso, escurecem algumas partes do corpo. Dentre elas estão as aréolas (bicos do seio) e a genitália --sintomas que ficam mais fortes com o andar da gestação. Mais uma dica: as veias das mamas, barriga e pernas ficam mais aparentes. "O fluxo e a quantidade de sangue aumentam como em uma resposta para alimentar o bebê que cresce no útero", explica.

E são os hormônios (eles de novo!) que fazem com os vasos fiquem mais flexíveis para a passagem do sangue. "O edema (inchaço) e a distensão da pele contribuem para que os vasos fiquem mais evidentes", explica. Em algumas mulheres, há também aumento de oleosidade na pele e até algumas espinhas. 

Sentiu qualquer um desses indícios? Vale correr atrás de um teste de gravidez. Se optar por um teste na farmácia e der positivo, a mulher deve procurar um médico para fazer um exame de sangue, que é mais completo. 

Atrasou, e agora?

Que mulher não ficou cismada ao perceber que a menstruação demorou para descer? Esse é o sinal mais famoso e costumeiro de gravidez. Na verdade, é o atraso menstrual que causa sintomas pré-menstruais, como inchaço, dor ou aumento das mamas, irritabilidade, labilidade emocional, tensão, cansaço, sonolência e acne.

Nesses casos, se pode considerar que há gravidez desde o primeiro dia de atraso da menstruação e o teste para detectar o hormônio BHCG já pode ser positivo. "Ele pode ser diagnosticado por exames de urina ou sangue", explica.

Vale ressaltar que cada organismo é único e que algumas mulheres não apresentam nenhum sintoma de gestação. Há casos de mulheres que continuam "menstruando" no início da gravidez. O motivo pode estar relacionado à acomodação do saco gestacional, que irá abrigar o embrião. Ao se implantar na parede do útero, algum vaso sanguíneo pode se romper, causando um pequeno sangramento. Por acontecer no início da gestação, é comumente confundido com a menstruação.

Depois de confirmada a gestação, qualquer sangramento merece ser investigado pelo seu médico, ok?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
AFP
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Mães e filhos
Da Universa
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Topo