menu
Topo

Autoestima

Pessoas instáveis estão mais propensas a vício em smartphone, diz estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

29/03/2018 15h07

Não largar o telefone pode indicar muito mais que alguém hiperconectado. Segundo um estudo recente das universidades de Derby e Nottingham Trent, no Reino Unido, o vício no aparelho é mais frequente em pessoas emocionalmente instáveis.

Um time de psicólogos analisou 640 pessoas entre 13 e 69 anos e cruzou informações sobre as personalidades e o tempo de uso de smartphones de cada uma.

Veja também

Uma das conclusões é que as pessoas que lutam contra algum transtorno mental estão mais propensas a usar o telefone de maneira mais intensa como uma forma de terapia.

Também foi revelado que quanto mais ansioso o indivíduo, mais se usava o smartphone. Pesquisas anteriores revelaram que é um ciclo vicioso: mais ansiedade, mais uso do smartphone e mais ansiedade.

Entre os recursos mais utilizados pelas pessoas pesquisadas estão redes sociais (49.9%), seguido de apps de comunicação instantânea (35.2%) e de música (19.1%).

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!