Sexo

Casa de swing: 10 coisas que você precisa saber antes de entrar em uma

iStock
Casa de Swing: um guia do que é bom saber antes de se aventurar no ambiente Imagem: iStock

Geiza Martins

Colaboração para o UOL

10/03/2018 08h00

Você e seu par decidiram ir a uma casa de swing juntos e estão marcando o dia da estreia. A expectativa é encontrar um tipo de casa noturna onde é liberado paquerar outros casais e realizar trocas de parceiro, mas será que é só isso? Há cuidados básicos que vão desde o pacto sobre os limites do casal, passando pelas regras do swing e do estabelecimento escolhido. Afinal, ninguém quer que uma noite especial se torne um pesadelo.

"Antes de pensar em fazer swing, o casal deve entender o funcionamento do relacionamento. Perceber se existe uma base sólida para dar esse passo", explica a terapeuta sexual Enylda Motta.

A seguir listamos esse e outros pontos que você precisa saber antes de realizar a fantasia: 

1. Quem estará lá?

Casais que decidiram curtir a sexualidade de uma maneira não tradicional. Não fique idealizando cenas de filmes com corpos perfeitos e histórias de espiões, são pessoas iguais a você. Além disso, algumas casas permitem solteiros, no entanto, a entrada para os desacompanhados costuma ser mais bem mais cara. Outra coisa que pode acontecer é que nem todos os casais lá dentro têm de fato um relacionamento. Algumas pessoas contratam acompanhantes apenas para poder trocar.

Veja também:

2. Como é lá dentro?

Imagine uma balada, só que com alguns ambientes a mais. Quase todas as casas têm um espaço com pista de dança, luz negra e bar, onde a paquera pode rolar solta. O diferencial está realmente nos espaços depois da balada. Corredores escuros para a pegação, cama extra grande para usos óbvios e até mesmo espaços temáticos como um ônibus! Há também algumas salas/aquários para os casais que decidirem se exibir.

3. Festinhas

Não é raro as casas organizarem festas temáticas ou atrações para apimentar o desejo sexual de cada um. Então prepare-se para poder experimentar, por exemplo, pole dance, ou curtir shows de gogo boys e strippers. Há também os resorts eróticos, mas esses já são mais indicados para quem já é frequentador das casas. Em muitos deles, rolam os chamados jogos eróticos.

4. Nada de fotos

Esse talvez seja o ponto mais importante a se prestar atenção antes de sair de casa. Ninguém gosta de ter sua intimidade espalhada por aí. Então celulares são estritamente proibidos, ok? A dica é desligar do aparato tecnológico que tanto toma o tempo e curtir a noite. Foque naquilo que você e seu par estão vivendo juntos!

5. Todo mundo vai me ver sem roupa?

Não necessariamente, isso depende de você. Algumas casas possuem espaços amplos onde tudo pode rolar. Geralmente, funciona assim: um casal decide trocar nesses espaços e o sexo rola nos ambientes abertos, com todo mundo vendo. Pode acontecer de um terceiro casal entrar na brincadeira ou simplesmente ficar assistindo. Sim, as casas de swing também são ambiente ideal para quem curte o bom e velho voyeurismo.

6. Bateu a vergonha

Não quer ninguém te vendo? Procure casas que disponibilizem pequenos espaços em formato de “quartinho”, onde a troca pode rolar de forma mais reservada. Uma das brincadeiras aqui são os chamados “glory holes”, que são aberturas nas paredes onde cabem as mãos. A ideia é apimentar ainda mais a experiência, já que o praticante pode estar com vergonha, não é preciso ver a dona ou dono daquela mão para poder brincar com ela.

7. A troca não precisa rolar

Se você chegou até aqui, já percebeu que a experiência de frequentar uma casa de swing não se resume a troca de casais. Dá para ouvir música, beber uns “bons drinks”, conhecer pessoas novas e praticar aquela espiadinha no sexo alheio. Depois de tudo isso, você e sua companhia estão morrendo de tesão, mas mesmo assim não querem trocar? Partam para o quartinho privado e resolvam a história só entre vocês dois mesmo.

8. Quando e como acontece a troca?

Casa de swing não é bagunça! Não é porque estamos falando de casais liberais que não existem regras. Assim como um beijo na balada só acontece quando ambos estão a fim, na casa de swing os critérios são os mesmos. Todo mundo tem que topar, ou seja, os quatro (ou mais) envolvidos. Você pode ter gostado da companhia alheia, mas a sua parceira não. Então, esteja de olho nos sinais que quem está com você dá ou combine sinais para deixar a intenção clara. 

9. Como escolho a casa?

Pesquise bem antes de sair casa. Apesar de todos os estabelecimentos serem para casais liberais, muitos são frequentados por faixas etárias diferentes ou são mais ou menos discretos. É bem importante que você esteja à vontade para curtir a noite. Também vale pedir indicações para amigos em que você confia e que já falaram abertamente sobre a experiência. 

10. Estão certos disso?

Por último, e talvez o mais importante de tudo, está tudo conversado mesmo? Tem certeza que não está embarcando nessa para satisfazer apenas a vontade do outro? Para se alcançar o prazer total, é essencial que ambos estejam interessados na experiência. "O que amor e o que é sexo? Na casa de swing, encontra-se prazer, sexo ou pode acontecer algum outro tipo de envolvimento? Após essa conversa, o casal deve criar as regras: 'o que pode e o que não pode. Até onde pode ir, pode ter envolvimento afetivo, pode trocar telefone?' Esses tipos de regras, assim como outras que vão surgindo, devem ficar bem claras. Quanto mais o casal conversar sobre os medos, receios, prazeres, intenções, melhor será a decisão", orienta a terapeuta sexual Enylda Motta.

Pensou que era isso que você queria, mas bateu incomodo, ciúme, dúvida na hora? Sinalize. Um de vocês não está curtindo mais? É hora de ir para casa. A experiência só vai ser plena se os dois estiverem tendo prazer. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mayumi Sato
Blog Deu Match
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Regina
Blog Deu Match
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Regina
Da Universa
Blog da Regina
Da Universa
Da Universa
Blog Deu Match
Da Universa
Blog Deu Match
Da Universa
Mayumi Sato
Da Universa
Blog Deu Match
Blog da Regina
Da Universa
Blog Deu Match
Da Universa
Da Universa
Blog da Regina
Blog Deu Match
Mayumi Sato
Blog da Regina
Blog Deu Match
Blog da Regina
Da Universa
Da Universa
Blog da Regina
Da Universa
Da Universa
BBC
Blog da Regina
Da Universa
Da Universa
Blog Deu Match
Da Universa
Blog Deu Match
Blog da Regina
Da Universa
BBC
do UOL
Blog da Regina
Topo