menu
Topo

Direitos da mulher

Mulheres respondem à campanha do MTE com denúncias de assédio e machismo

Getty Images
As brasileiras denunciaram a rotina de assédios e desigualdades no trabalho nas redes sociais Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

06/03/2018 09h34

O Ministério do Trabalho e Emprego lançou neste mês de março uma campanha comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no próximo dia 8, em que perguntava às brasileiras nas redes sociais: "O que é ser trabalhadora?".

As respostas das internautas, no entanto, revelaram a predominância de assédio, desigualdade salarial e constante luta por direitos no cotidiano das mulheres no país.

Veja também

O exemplo de resposta dado pelas mídias sociais do Governo Federal oferecia alternativas inspiradoras como esta: "Ser trabalhadora é ir em busca de seus sonhos, superar obstáculos, vencer limites".

No entanto, a maioria esmagadora dos tuítes contavam outra história sobre a realidade da mulher no mercado de trabalho. Veja algumas das denúncias: