menu
Topo

Diversidade

Modelo virtual negra divide a internet e criador é acusado de racismo

Reprodução/Instagram
Modelo virtual Shudu Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

03/03/2018 12h06

Shudu é a supermodelo que você nunca vai conhecer. Criada pelo fotógrafo britânico Cameron-James Wilson, ela é a primeira top virtual. Mas nem todo mundo aprovou a novidade em 3D e muitos acusam a figura de fetichizar a mulher negra.

Segundo Cameron, em entrevista ao site Isiuwa, o “nascimento” de Shudu não teve qualquer intenção séria e que ele sempre foi fascinado pela criação de figuras femininas, desde os rabiscos nos cadernos do colégio. “Ela representa coisas que eu amo, como tecnologia e ficção científica”, disse.

Veja também

Ainda que não mencione por que escolheu uma negra, o fotógrafo tem sido alvo de muitas críticas na rede social oficial de sua “filha”. Muitos acusam o fotógrafo de não abordar a diversidade e as questões de racismo dentro da moda, com modelos reais que ainda sofrem preconceito nos castings. Outros dizem que as figuras super sensuais e nuas de Shudu estimulam a figura da mulher negra como fetiche.

Outros seguidores enfatizam a surpresa de formas tão reais criadas por programas de computador e até brincam com o fato de não ter que lidar com egos do mundo da moda.