menu
Topo

Violência contra a mulher

Atriz de "How to Get Away with Murder" revela que foi estuprada por diretor

Getty Images
Karla Souza, a Laurel da série "How to Get Away with Murder" Imagem: Getty Images

do UOL, em São Paulo

21/02/2018 09h40

Karla Souza, a Laurel Castillo da série "How to Get Away with Murder", revelou que ela também enfrentou abuso sexual e de poder em sua carreira.

A atriz contou em entrevista à "CNN En Español" que foi estuprada no início de sua carreira por um diretor em seu país de origem, o México.

Veja também

Karla relatou que, na época, ela foi separada de outros colegas de elenco em set e colocada em um hotel diferente daquele usado pelo restante da equipe, em que somente o diretor estava hospedado.

Ele então passou a procurá-la no local fora do horário de trabalho. "Ele batia à minha porta dizendo que queria repassar algumas cenas e eu pensava: 'São duas da manhã, isso é inapropriado e não deveria estar acontecendo'". 

Quando ela então finalmente se recusou a atendê-lo, ele reagiu com agressividade em relação à Karla. "Ele decidiu não filmar a minha cena e, de repente, começou a me humilhar na frente dos outros no set. Era o tipo de poder psicológico que ele exercia sobre mim".

Depois de um mês de abuso de poder, a atriz afirmou, chorando, que sentiu que não havia mais escolha a não ser "ceder". 

"Eu acabei cedendo para ele. Deixei que ele me beijasse, me tocasse de maneiras que eu não queria que ele me fizesse e, em uma destas ocasiões, ele me atacou violentamente e, sim, ele me estuprou", concluiu.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!