menu
Topo

Carreira e finanças

Primeiro dia no trabalho novo? Descubra o que a empresa espera de você

Getty Images
Tudo bem que você não terá nada para fazer no 1º dia, mas ser pontual é fundamental Imagem: Getty Images

Carolina Prado

Colaboração para o UOL

16/02/2018 04h00

É natural chegar no novo emprego sem saber o que esperar. Rola insegurança e ansiedade. A boa notícia é que, apesar do desconforto sentido, a empresa não tem grandes expectativas sobre a produtividade dos funcionários nos primeiros dias. A seguir, listamos o que o empregador, em geral, espera de você nesse momento.

1. Que você cumpra a jornada integral

O empregador conta com a sua pontualidade ao chegar. Parece óbvio, mas nem todos os novos contratados fazem isso, dizem os especialistas. E não é legal pedir para sair mais cedo, ainda que você não tenha muito o que fazer. Cumprir as horas de trabalho do dia vai mostrar seu comprometimento e interesse no novo emprego.

Veja também:

2. Que participe do programa de integração

Até pode ser entediante, mas é importante estar no evento destinado a apresentar a empresa para os novos colaboradores. Recusar pega mal. Encare como uma oportunidade de aprender as regras da casa: políticas da empresa, procedimentos, cultura e valores. Aproveite o momento para tirar dúvidas sobre o dia a dia de trabalho –perguntar sobre registro de ponto, banco de horas, serviços médicos etc.

3. Que conheça o básico sobre a cultura da empresa

Chegar no novo emprego usando roupas que destoam da sua função e dos outros funcionários não ajuda no processo de adaptação. Vale pesquisar antes sobre o ambiente, se é formal ou informal. E também conversar com quem já trabalhou lá, para entender o clima. Alguns sites reúnem avaliações de empresas, é o caso do “Love Mondays” (www.lovemondays.com.br), que publica impressões dos funcionários e ex-funcionários, além de salários.

4. Que você observe mais do que aja

Você ainda não se ambientou direito, então, não precisa ficar ansioso para mostrar serviço logo de cara, pode até soar meio arrogante. É importante, no entanto, estar aberto para aprender. Observe a dinâmica de trabalho e os processos, você terá tempo para mostrar seu potencial mais para frente.

5. Que você não opine, por enquanto

Demonstrar interesse sobre os projetos em andamento é ótimo. Mas espere mais um tempo para oferecer sugestões, a não ser que perguntem, é claro. Dar um palpite “de graça” nem sempre é bom, pois você pode dizer algo que já foi descartado, por exemplo. Melhor aprender um pouco mais antes de sugerir mudanças.

6. Que não se mostre entediado

É normal não ter muita tarefa no primeiro dia, até porque é um momento de adaptação. Mas não é por isso que você deve ficar sem fazer absolutamente nada ou mexendo no celular o tempo todo. É legal mostrar iniciativa para aprender, perguntar onde estão as coisas e como funcionam. Também pode preencher o tempo com leitura e aprofundamento das informações recebidas na integração.

7. Que faça uma rápida reunião com o chefe

Alguns pontos dessa conversa: o papel da área em que você vai trabalhar, quais os desafios e qual a expectativa sobre a sua contribuição. Também é o momento em que o gestor apresenta as ferramentas necessárias para você trabalhar.

8. Que não critique o antigo emprego

Chefes e colegas vão se sentir incomodados se, logo no primeiro dia, você começar a falar mal do ex-empregador. Falar muito bem também não é uma boa ideia, pois pode passar a impressão de que você está comparando. Esse é o momento de vestir a camisa da nova companhia e focar nela.

Fontes: José Augusto Minarelli, CEO da Lens & Minarelli, empresa especialista em transição de carreira para presidentes, diretores e alta Gerência, e Wilma Dal Col, diretora da Right Management, empresa do ManpowerGroup.