menu
Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente - e xereta - sobre o que bomba nas redes sociais

"Ele nunca chegaria nela": falta de sororidade no BBB revolta a internet

Reprodução/Gshow
Wagner, Gleici e Viegas, do "BBB18" Imagem: Reprodução/Gshow

Do UOL

13/02/2018 17h19

No BBB 18, vários comentários maldosos contra Gleici, uma das participantes, foram apontados como preconceituosos e revoltaram a internet, ainda mais por terem sido feitos por outras mulheres. Só no Twitter, mais de 21 mil posts falaram do caso usando #GleiciMereceRespeito.

Em vários momentos, Ana Paula, Nayara e Patrícia tiraram sarro da acreana e desprezaram o clima de paquera entre Gleici e Wagner na casa. "Onde que um cara daquele iria chegar nela na vida real? Em nenhum momento da vida dela", disparou Ana Paula.

No Twitter, o comentário foi visto como racista e várias pessoas questionaram: um homem branco e bonito não poderia se interessar por alguém negro e humilde, como Gleici? Outras pessoas reclamaram da falta de sororidade entre as sisters.

Ana Paula não parou por aí e foi acusada de xenobobia. Quando Patrícia afirmou que Wagner havia dito que Gleici era a “típica mulher brasileira", Ana se revoltou.

“Nossa, de onde, gente? Ela é a típica acreana. Meu Deus, você vai no Acre tem 60 Gleicis. Eu morei no Acre e é tudo uma igual à outra. Ela nem tem corpo de brasileira, ela é toda magrela. Ela não tem cara de brasileira, tem cara de acreana", disse a catarinense. Foi o suficiente para uma chuva de críticas à Ana Paula serem vistas nas redes.

Nos posts sobre o tema, muitos ainda reclamaram por Nayara estar envolvida na polêmica. Ela, assim como Gleici, é negra e reproduzia o mesmo descrédito no envolvimento de Gleici e Wagner. Nayara também se afirma feminista e defensora das minorias, mas não demostrou sororidade com a outra sister, acusam os internautas.

Nem todo internauta, porém, conseguiu acompanhar a polêmica. Teve até quem misturou todas as bolas e confundiu a participante Gleici com a senadora Gleisi Hoffmann.