menu
Topo

Mães e filhos

Conheça 8 dicas para aplicar o Feng Shui no quarto do bebê

Reprodução/Behance
Um espaço saudável e tranquilo no quarto do bebê Imagem: Reprodução/Behance

Bárbara Therrie

Colaboração para o UOL

30/01/2018 04h00

O Feng Shui consiste em identificar os fluxos de energia estagnados ou acelerados de um imóvel e aplicar técnicas e mudanças que fortalecerão o chi (energia vital) do ambiente. A seguir, aprenda como o método oriental pode criar um espaço saudável e tranquilo no quarto do bebê.

Veja também

Posição do berço

Deixe a cabeceira encostada numa parede lisa, voltada para o norte. Isso promoverá um sono mais tranquilo e fará com que ele se sinta mais confortável e seguro. A cor e o modelo também são importantes: prefira os de tons mais suaves e os que possuem a cabeceira inteiriça, por proporcionar mais segurança. Evite colocar o berço numa parede que faça divisão com o banheiro e não deixe os pés voltados para a porta de entrada. Essas posições podem causar irritabilidade e insônia.

Disposição dos móveis

Nada de encher o quarto de móveis, isso gera uma opressão que pode deixar a criança agitada. Um cômodo espaçoso dá a sensação de bem-estar e tranquilidade. E deixe os móveis sempre alinhados às paredes e nunca na diagonal, pois formam um triângulo que gera um fluxo de energias negativas. Se possível, coloque a poltrona de amamentar de frente para a porta de entrada. O benefício? Mais disposição e conforto para a mãe. As prateleiras não devem ser colocadas sobre o berço, pois oprimem a energia e dificultam o crescimento. Também não é aconselhável posicionar os armários de modo que formem quinas que apontem para o berço ou para a poltrona.

Cores

O tom mais indicado é o verde, pois representa saúde, equilíbrio e crescimento. é o azul, ótimo para crianças agitadas e com dificuldades para dormir. Ele contém elemento água e está ligado à emoção. O rosa claro pode ser combinado com um tom verde água para equilibrar o amor e a saúde. Fuja das cores quentes, como o amarelo, o laranja e o vermelho. Elas possuem elemento fogo que produzem ação e movimento. O lilás também não é recomendado porque pode causar depressão à mãe e lentidão no desenvolvimento do bebê. Trata-se de uma cor meditativa que desacelera a mente.

Sons

Os sons são muito importantes para equilibrar o chi (energia vital) do ambiente e das pessoas. Se seu objetivo é tornar o quarto do seu filho um local acolhedor, amoroso e calmo, escolha os sons da natureza, como o barulho dos passarinhos, da água, da chuva, da cachoeira. Caixinhas de música, canções clássicas, instrumentais e mantras também são muito bem-vindos. Os sons com frequência 432 hz estimulam o chakra do coração, que intensificam o amor e a ligação entre mãe e filho. Relógios com barulho de tique-taque e músicas letradas (palavras carregam mensagens) roubam a tranquilidade do espaço.

Aromas

Além de cheirosos, os aromas trazem muitos benefícios. A camomila tem efeito calmante e analgésico que ajuda nas cólicas do bebê. A lavanda é relaxante e auxilia no sono. A rosa atua no amor e no combate ao medo. A tangerina é revigorante e eficaz para resfriados, mas não deve ser usada à noite. O eucalipto ajuda a respirar melhor e elimina energias negativas. Esses aromas podem ser diluídos em sprays ou em recipientes de cerâmica. Outra opção é misturá-los com óleos essenciais (1 gota de cada óleo) em um rechô. Evite essências artificiais, elas podem causar alergias e desconforto.

Decoração

Invista numa decoração leve e que traga bem-estar. Dica: coloque fotos da mamãe e do papai juntos com o pequeno. Elas transmitem energia de amor, acolhimento e segurança. No caso dos enfeites, dê preferência aos quadros com retratos da natureza e bichinhos de pano e de algodão. Eles trazem alegria. Distribuir almofadas na poltrona e no chão proporcionam conforto. Não use espelhos no quarto, eles são portais e agitam o sono. Os móbiles devem ser posicionados ao lado do berço, nunca acima da cabeça da criança, isso sufoca as energias do corpo.

Iluminação

Priorize a iluminação natural criando espaços e aberturas para a entrada de luz solar direta ou indiretamente. Abra as janelas pela manhã ou depois da chuva para refrescar e renovar o ar e as energias para criar um cômodo mais saudável. As lâmpadas incandescentes são as melhores para reproduzir uma luz natural, enquanto as LEDs brancas frias são prejudiciais para os olhos e lembram o meio corporativo. Os abajures são bons pela luz indireta e trazem conforto e aconchego. 

Aparelhos eletrônicos

Se quiser garantir boas noites de sono e energias de saúde e paz, deixe os aparelhos eletrônicos, celulares e tablets de fora do quarto. Eles têm uma energia eletromagnética muito forte que emana pelo ambiente. No caso da babá eletrônica, use uma placa com o símbolo do gráfico scap e o aparelho orgonite, ambos ajudam a eliminar essas emissões.

Fontes: Cristina Ventura, consultora de Feng Shui; e Márcia Dhonella, blogueira e também consultora de Feng Shui

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!