menu
Topo

Universa

Ator acusado de assédio não irá entregar prêmio de melhor atriz no Oscar

Getty Images
O ator Casey Affleck Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

27/01/2018 11h21

O ator Casey Affleck não será mais o convidado a entregar o prêmio na categoria “melhor atriz” no Oscar 2018, em março. Supõe-se que o motivo sejam as duas denúncias de assédio sexual praticado pelo ator durante as filmagens do longa “Eu ainda estou aqui”, de 2010.

Até então, era tradição que o vencedor na categoria masculina de melhor atuação do anterior fizesse a entrega da estatueta para a melhor atriz no ano seguinte.

Em 2017, Affleck foi eleito o melhor ator pela Academia pelo papel em “Manchester à beira-mar”.

Veja também

De lá para cá, denúncias de assédio sexual encabeçadas pelo caso Harvey Weinstein vieram à tona em Hollywood e refletiram já no Globo de Ouro 2018.

Sob Casey pesam as acusações da produtora Amanda White, que diz que o ator a constrangeu quando ela negou entrar no quarto de hotel onde ele estava hospedado durante a gravação do filme de 2010.

A diretora de fotografia Magdalena Górka também relatou que acordou com o ator deitado ao seu lado, sem sua autorização, bêbado e usando apenas cueca.

A organização da premiação diz que Affleck “se retirou” do cargo.

Mais Universa