Universa

Mulher que inspirou famoso desenho feminista morre aos 96 anos

Do UOL

23/01/2018 10h04

Uma bandana vermelha, o braço em pose de força e os dizeres “We Can Do It!” foram suficientes para marcar a presença da personagem Rosie the Riveter na Segunda Guerra Mundial e na história do feminismo.

Reprodução
Imagem: Reprodução
Ao longo de mais de 70 anos, muitas disseram ser a inspiração para a figura que representava a força das mulheres durante o conflito - e por anos Geraldine  Hoff  Doyle foi considerada a verdadeira Rosie -, mas a musa feminista foi mesmo Naomi  Parker  Fraley, que morreu aos 96 anos, no último sábado (20).

Naomi, que trabalhava com maquinário da Marinha americana na época da guerra, foi a inspiração para a gravura de J. Howard Miller.  “Nunca quis fama e fortuna”, disse ela em uma entrevista à revista People, em 2016, quando foi finalmente reconhecida como a Rosie original. Segundo o The New York Times, a descoberta foi fruto de uma obsessão dos estudiosos a partir dos anos 2010.

Feita em 1942, a obra não tinha a intenção de ficar famosa e só deveria ser distribuída em postos de trabalho, mas “viralizou” e ganhou inúmeras reproduções ao longo dos anos como símbolo feminista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo