Universa

9 atitudes dentro da relação que costumam ser da mulher, mas não precisam

Getty Images
Imagem: Getty Images

Helena Bertho

do UOL

19/01/2018 04h00

"Surpreenda e seduza sempre sua mulher. Esteja sempre bonito, em forma e arrumado. Quem gosta de encontrar um parceiro com cara de cansado? Espere-a na cozinha, vestindo sua cueca mais sensual, enquanto prepara o jantar. E, se ela o trair, tenha paciência e lembre-se: mulheres são assim mesmo".

Achou o parágrafo acima estranho? Inverta os papéis, trocando o homem pela mulher, que ele passa a ser completamente comum. É que, nos relacionamentos amorosos, estamos acostumados a esperar da mulher certas atitudes e comportamentos que não se esperam dos homens. 

Veja mais 

"Mesmo com todas as mudanças de comportamento que estão acontecendo, ainda existe muito relacionamento que é pautado em papéis que seriam considerados femininos ou masculinos. E o fracasso do relacionamento sempre acaba caindo sobre a mulher. ", explica a psicóloga e terapeuta de casais Milena Lhano.

Isso se estende para todas as esferas da relação, da sedução ao cuidado com os filhos, explica Milena. Os resultados podem ser muitos: da sobrecarga da mulher ao relacionamento abusivo.

Se você se identificou com o texto e acha que assume algumas atitudes na relação que não te representam, listamos abaixo quais são os comportamentos --indo além de cuidar dos filhos e lavar a 

1. Ter paciência

Dizem que mulheres amadurecem mais rápido e, por isso, é preciso ser paciente com a imaturidade masculina. Mas por que isso? Se a mulher realmente amadureceu antes, talvez seja o caso de ficar só ou buscar um companheiro que tenha o mesmo nível de maturidade.

2. Ser conciliadora

Em uma discussão, é comum que o homem estabeleça seu ponto e fique firme. Para que as coisas não fiquem feias, são elas que ficam com a tarefa de ser mais maleáveis e tentar manter o diálogo, para encontrar um ponto comum. O que pode não ser bom. Dá ao homem a sensação de que está sempre certo, ao mesmo tempo em que acostuma a mulher a ceder. A conciliação deve existir somente quando faz sentido e você não precisa abaixar a cabeça.

3. Tolerar e perdoar

Até quando o homem trai, a mulher se sente culpada por não ter conseguido "segurá-lo", e, assim, perdoa o erro do outro, como se fosse seu. Ou aceita que "homens são assim, mesmo". É preciso saber que, numa relação, tudo é resultado das ações dos dois, mas que você não é obrigada a aceitar o erro do outro. Só perdoe um erro se realmente sentir que internamente a mágoa não vai ser mantida e que também não vai se culpar.

4. Colocar a família em primeiro lugar

É importante entender o que de fato é prioridade para você e lembrar: se você estiver se submetendo a algo que faz mal, isso pode afetar as pessoas ao redor. Parece clichê, mas se você não se amar e não se cuidar, dificilmente vai ser capaz de fazer o mesmo para os outros.

5. Ceder, sempre

Deixar de sair, perder contato com amigos, abrir mão de um compromisso, desistir de um emprego ou dos estudos. Por que é muito mais que as mulheres cedam pelo bem da relação do que o homem? Para que o relacionamento dê certo, inevitavelmente, as pessoas precisam ceder, mas equilíbrio é essencial. Ceder demais pode fazer com que a mulher se anule.

6. Fazer a gestão doméstica

Mais do que só executar as tarefas domésticas, as mulheres acabam ficando encarregadas da gestão da casa. Lembrar o que falta ou não falta na despensa, garantir que haja roupas limpas no armário, organizar os horários para que tudo esteja pronto na hora certa... A lista de tarefas a pensar é enorme. E fazer issio é exaustivo. Quando dividir as tarefas da casa, vale dividir quem vai gerir cada questão no lar.

7. Seduzir e ser sensual

Lingerie, velas, brinquedos eróticos, strip-tease... As mulheres costumam se sentir responsáveis pela sedução, dentro da relação, por manter o desejo do parceiro. O problema é que quando isso é uma obrigação, acaba anulando o desejo da própria mulher. Seduzir porque gosta, porque isso te excita, é ótimo. Mas fazer por obrigação, não. Além disso, é legal ser seduzida.

8. Manter "a chama acesa"

Da mesma forma, muitas vezes acabamos assumindo a missão de manter a paixão, apimentar a relação, garantir as surpresas e novidades, cultivar o interesse do companheiro. E, quando a mulher percebe, seu próprio interesse se foi. Para uma relação se manter saudável, cabe a ambos cuidar um do outro para manter o interesse.

9. Iniciativa

Já ouviu dizer que homem empurra com a barriga os problemas? Isso não é algo da natureza masculina e, sim, da forma como são criados. Se o homem leva com a barriga, caberia à mulher ter a iniciativa de encarar os problemas. Mas não precisa ser assim. Eles também podem --e devem-- tomar a dianteira nessas horas!

Fontes: Lelah Monteiro, psicanalista e terapeuta de casais; Rose Villela, psicóloga e sexóloga, mestre em ciências da saúde pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Milena Lhano, mestre em terapia sistêmica e de casal pela Universidade de Milão e psicóloga do Zenklub.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo