menu
Topo

Universa

Criadora de lista com assediadores da mídia se revela por medo de exposição

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL

11/01/2018 13h37

Com a revelação de escândalos em Hollywood, outras áreas se mobilizaram para tornar públicos casos de assédio sexual contra mulheres. Em outubro, foi a vez da mídia. Uma lista do Google batizada de “Shitty Media Men” (“Homens de merda da mídia”, em tradução livre) enumerou 70 assediadores e contou inúmeras histórias do mundo editorial e sua autora não era conhecida. Até agora.

Veja também

Em um artigo na “The Cut”, na revista “New Yorker”, Moira Donegan não só revelou ser a pessoa por trás da lista, como trouxe mais surpreendentes dados de como os casos de abuso podem ser acobertados em empresas de mídia.

Reprodução/Twitter
"Em Outubro eu fiz um documento no Google. Minha vida tem sido estranha e às vezes assustadora desde então. Escrevi sobre isso na The Cut" Imagem: Reprodução/Twitter

Segundo Moira, as reações aos depoimentos da lista foram desde apoio até respostas de que ela seria “anti-homens”. Houve investigações internas em grandes empresas com direito até mesmo a demissões de alguns dos denunciados. Assumindo que a condição de anonimato poderia trazer falsas acusações, a jornalista formada em 2013 justifica que não revelar nomes, por outro lado, é a garantia de que as vítimas sejam minimamente protegidas e, talvez, os agressores sejam punidos.

Por que se revelar?

Reprodução/Twitter
Moira Donegan Imagem: Reprodução/Twitter
Sem imaginar que as acusações tomariam repercussão, Moira disse que resolveu vir a público quando soube que seu nome seria revelado na "Harper’s Bazaar", pela editora Katie  Roiphie, conhecida como polemizar entre o público feminista. Isso chegou às redes sociais e causou comoção, na maioria contra a revelação do nome de Moira.

Segundo reportagem do The New York Times, até quarta-feira, cinco jornalistas que publicariam artigos na publicação vetaram seus artigos em forma de protesto pela preservação da autora da polêmica lista.

Um dia antes do longo artigo de Moira, em entrevista ao jornal, Katie Rophie declarou que não era sua intenção mostrar o nome da jornalista, o que foi negado também pela porta-voz da Harper’s. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa