menu
Topo

Universa

Tour pelo corpo: youtuber gorda tem muito mais rejeição que magra

Reprodução
Luiza Junqueira do canal Tá Querida Imagem: Reprodução

do UOL

06/01/2018 14h20

No final de 2017, a moda do "tour pelo corpo" começou a se popularizar no Youtube. Basicamente, as garotas fazem vídeos mostrando cada parte de seus corpos, a relação que têm com cada uma delas e como têm feito para se amar. A ideia é passar uma mensagem de auto aceitação e amor próprio.

Mas um post no Facebook tem repercutido chamando atenção para um detalhe da nova moda: comparando o tour pelo corpo de uma youtuber magra com o de uma gorda, é possível ver que, com quase o mesmo número de visualizações, a gorda recebeu muito mais "descurtidas", que a magra. Parece que, mesmo quando o assunto é aceitação do corpo, a gordofobia dá as caras.

Reprodução
Imagem: Reprodução

"Como homem, não me cabe o direito de medir quem sofreu mais com a pressão estética. Nunca vou sentir na pele o que passa uma mulher numa sociedade que trata seu corpo como objeto e domínio público. Por isso, me foco aqui em falar exclusivamente da recepção deste conteúdo, não das pessoas envolvidas, duas mulheres que fazem conteúdos que tem sua relevância para seu determinado público e que merecem todos os louros por suas conquistas. Mas esse caso tem muito a testemunhar sobre quem somos nós no papel de consumidores deste conteúdo. Que tipo de padrão de beleza eu devo ter pra que seja aceitável eu me aceitar?", escreveu o youtuber Bernardo Boëchat em seu post, que em um dia teve 2,5 mil compartilhamentos.

Veja mais

Publicação virou debate

A prática ganhou fama em dezembro, quando Ellora Haone, que é magra, publicou seu tour e virou notícia. Mas a verdade é que que dois meses antes, em outubro, Luiza Junqueira, do canal Tá Querida, foi quem começou a brincadeira. A diferença na repercussão já diz algo, né?

Atualmente o vídeo de Ellora tem um pouco mais de 1 milhão de visualizações e o de Luiza, 916 mil. Se a discrepância no número de pessoas que assistiram é pequena, nas curtidas é enorme. Ellora tem 153 mil curtidas e apenas 424 descurtidas. Já para Luiza, os números ficam em 88 mil e 4 mil.

Nos comentários do post que levanta a questão, um debate surgiu. Enquanto muita gente concorda que os números são sinais da gordofobia, outros internautas discordam.

Para eles, a diferença se deve ao número de seguidores. Enquanto Ellora tem mais de meio milhão, Luiza tem 273 mil. Apesar disso, porém, o número de vezes que cada vídeo foi assistido é bem próximo.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa